Trânsito na região das praias de Palhoça terá alterações para o verão; veja o que será feito

Guarda do Embaú, Pinheira e Praia do Sonho são destinos que chamam a atenção pela natureza exuberante, mas que sofrem por causa do grande volume de veículos

Para a temporada de verão, o município de Palhoça está se organizando para melhorar o trânsito nos acessos às praias da cidade. Guarda do Embaú, Pinheira e Praia do Sonho são destinos que chamam a atenção pela natureza exuberante, mas que sofrem por causa do grande volume de veículos. Além das filas, a falta de estacionamentos virou uma preocupação nessa época do ano.

Trânsito na região das praias de Palhoça terá alterações para o verão – Foto: Plínio Bordin/NDTrânsito na região das praias de Palhoça terá alterações para o verão – Foto: Plínio Bordin/ND

Para a moradora da região e líder comunitária, Estela Mary Schaeffer, o problema começa na hora em que os turistas tentam estacionar os carros.

“As ruas servem de estacionamento. Os carros estacionam dos dois lados da rua, não tem sinalização. Então, quando vai andar um carro nessa rua, ele passa dificuldade para passar. Esses carros estacionam ali justamente porque os bolsões que tem lá na Praia do Sonho são poucos. São dois só”, contou Estela.

O problema piora quando não se tem mais espaço nas ruas para estacionar. A maior reclamação dos moradores, principalmente na Ponta do Papagaio, é que os carros acabam estacionando no meio da praia quando não há espaço nas ruas próximas e acabam competindo com os banhistas.

Uma das saídas que a Guarda Municipal de Palhoça encontrou foi colocar estacas de madeira na areia em frente aos restaurantes e casas, para criar um bolsão de estacionamento. Para a Guarda Municipal, algumas mudanças são necessárias para manter a ordem e facilitar o deslocamento dos veranistas.

“Na Praia da Pinheira, na Praia de Baixo e na Praia de Cima, os banhistas vêm para cá, o turista que vem para cá tem que procurar estacionamentos que são permitido estacionar. Tem poucos, mas tem. E tem que procurar também os estacionamentos particulares”, disse o coordenador da Guarda de Trânsito de Palhoça, Ezequiel Martins.

Praia da Ponta do Papagaio, em Palhoça – Foto: Mauro Goulart/Prefeitura Municipal de Palhoça/DivulgaçãoPraia da Ponta do Papagaio, em Palhoça – Foto: Mauro Goulart/Prefeitura Municipal de Palhoça/Divulgação

Outra mudança é na Rua das Flores, uma das principais vias de acesso às praias. A partir do dia 20 de dezembro ela passa a ter sentido único da Ponta do Papagaio em direção à praia da Pinheira mais ao Sul. Mas só durante a temporada, até o dia 20 de janeiro. Durante os próximos dias, as placas do sentido contrário vão ser retiradas.

Já o vice-presidente da Associação de Moradores da Ponta do Papagaio, Marival Coan, conta que a falta de educação e de bom senso também dificulta a convivência dos turistas com os moradores da região.

“Falta essa consciência cidadã de vir para cá, saber que é um espaço público, que tá aberto pra todo mundo, mas que deve respeitar as normas, as regras, estacionar nos devidos lugares, nos bolsões, nas vias públicas onde é permitido e também estacionamento privado”, afirmou Coan.

O secretário de Segurança Pública de Palhoça, Alexandre Silveira de Souza, informou que vai aumentar o efetivo de policiais nas ruas para conter as aglomerações e evitar a entrada de pessoas mal intencionadas ao longo das praias.

Segundo Souza, “a Guarda de Trânsito juntamente com a Polícia Civil e Militar, eles fazem trabalho com barreiras nas entradas das praias da Guarda do Embaú, do Sonho e fazendo fiscalizações nos veículos e consequentemente nos maus turistas”.

Para quem vive nesse verdadeiro paraíso, o recado para quem quiser se divertir nas praias de Palhoça é simplesmente trazer alegria e disciplina. “Com disciplina, com organização, a gente consegue equacionar isso”, destacou Coan.

Confira mais informações na reportagem do Balanço Geral Florianópolis.

+

BG Florianópolis

Loading...