VÍDEO: Carretas pegam fogo após acidente com duas mortes na BR-282

Acidente foi na conhecida "Curva da Morte", na BR-282, em Iraceminha entre as cidades de Maravilha e São Miguel do Oeste; um casal morreu na hora e um homem está gravemente ferido

Um grave acidente de trânsito bloqueou a BR-282 entre Maravilha e São Miguel do Oeste, no Extremo-Oeste catarinense, altura do quilômetro 618, localidade de Iraceminha. A ocorrência foi registrada às 17h20.

Equipes de socorro foram mobilizadas para atender a ocorrência na tarde desta terça-feira (5). Pelo menos duas pessoas morreram carbonizadas no acidente e uma terceira foi encaminhada, em estado grave, para uma unidade hospitalar da região.

Acidente no km 618 da BR-282, em ponto bem afastado; dois mortos e um ferido grave – Foto: Corpo de Bombeiros/divulgação/NDAcidente no km 618 da BR-282, em ponto bem afastado; dois mortos e um ferido grave – Foto: Corpo de Bombeiros/divulgação/ND

Pela posição dos veículos, de acordo com os vídeos, a carreta preta teria invadido a pista contrária e colidido de frente com o outro veículo, vermelho e com placas de Campo Erê (SC), que saiu da pista. A carreta preta tem duas identificações: o cavalinho tinha placa de Foz do Iguaçu (PR) e a carreta de Frederico Westphalen (RS).

No veículo com placa catarinense foram encontrados dois corpos carbonizados, sendo um casal que ainda não teve as respectivas identificações confirmadas. O IML (Instituto Médico Legal) recolheu os corpos para tentar buscar a identidade deles posteriormente.

O condutor do outro veículo, que também não teve o nome divulgado, deu entrada no hospital com lesões graves.

Corpo de Bombeiros, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Polícia Rodoviária Federal foram mobilizados para atender a ocorrência. O combate ao incêndio durou cerca de 2h30 até a retirada dos corpos carbonizados das ferragens.

Polícia investiga a presença de mais uma pessoa

Conforme relato de populares, uma pessoa envolvida no acidente teria fugido logo após a colisão. A informação, no entanto, depende de investigação já que a PRF (Polícia Rodoviária Federal) não confirma.

De acordo com o capitão Diogo Battaglin, do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, essa informação foi repassada por pessoas que presenciaram o acidente e testemunharam a situação.

O capitão, sem confirmar, ainda lembrou que o ponto “é afastado de tudo” e, assim, só a investigação poderá confirmar.

Sistema anda e para

Conforme repassado pela PRF já na noite desta terça-feira, a situação do trânsito era de fluxo em uma pista. A unidade, no entanto, não informa a previsão de liberação do trânsito.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Trânsito