Veja as rodovias que seguem com bloqueios em SC nesta sexta-feira

As paralisações dos caminhoneiros continuam em quatro trechos das rodovias no Estado

Mesmo após o pedido do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e as decisões judiciais que determinam o fim do bloqueio em trechos de rodovias de Santa Catarina, as paralisações de caminhoneiros seguem no Estado nesta sexta-feira (10).

Caminhoneiros começaram a deixar o posto na BR-101 netsa quinta-feira (9) – Foto: Carlos Jr/NDCaminhoneiros começaram a deixar o posto na BR-101 netsa quinta-feira (9) – Foto: Carlos Jr/ND

Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), nesses pontos, o tráfego está liberado para veículos de passeio, mas segue bloqueado para a passagem de caminhões.

Confira os pontos com bloqueio, atualizados à 5h25:

  • Canoinhas – BR-280, km 230
  • Canoinhas – BR-280, km 235
  • Campos Novos – BR-, km 345
  • Mafra – BR-116, km 7

O trecho da BR-101, em Joinville, no km 25, sentido Norte, que estava bloqueado pelos manifestantes, foi liberado após a chegada da PRF na noite desta quinta-feira (9). Ainda não se sabe até quando os demais pontos continuarão bloqueados.

Ainda por volta das 15h desta quinta, o acesso à distribuidora da Petrobras em Biguaçu, na Grande Florianópolis, foi liberado pelos caminhoneiros. A paralisação foi responsável pelo desabastecimento nos postos da região.

Justiça determina fim dos bloqueios

Na quarta-feira (8), a primeira decisão determinou o fim de bloqueios nos trechos da BR-101 entre Paulo Lopes e a divisa com o Grande do Sul, região que vai do km 244 + 680 até o km 465 +100. Já a segunda impôs a permissão para a passagem dos caminhões da BRF na BR-116. Ambas devem ser garantidas pela PRF.

O juiz federal Claúdio Marcelo Schiessl determinou, nesta quinta, que seja garantida a passagem dos caminhões e veículos da empresa alimentícia BRF, autora da ação, em toda a extensão da BR-101 em Santa Catarina.

A União e os manifestantes devem garantir a não obstrução dos trechos. A Justiça também liberou uso de “uso proporcional de força policial” para tanto.

Apesar disso, Bolsonaro disse em uma live que a paralisação deve durar até o próximo domingo (12), informação que teria sido repassada por líderes do movimento.

+

Trânsito

Loading...