Veja quais são as rodovias mais mortais de SC em 2021

Dados divulgados pelas Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar Rodoviária revelam os pontos mais fatais das estradas de SC

Acidentes com mortes são uma realidade diária nas rodovias catarinenses. Até 22 de setembro deste ano, 327 pessoas haviam perdido a vida nas estradas do Estado, segundo dados da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e da PMRv (Polícia Militar Rodoviária).

Segundo a PRF, BR-101 é a rodovia mais fatal de SC – Foto: Arquivo/NDSegundo a PRF, BR-101 é a rodovia mais fatal de SC – Foto: Arquivo/ND

Os maiores números se concentram nas rodovias federais, onde 261 pessoas morreram entre 1º de janeiro e 22 de setembro de 2021.

O dados revelam uma estabilização em níveis altos em relação ao mesmo período do ano anterior. Na época, 260 mortes foram registradas.

Segundo o chefe de Comunicação da PRF em Santa Catarina, Adriano Fiamoncini, a maior parte dos acidentes fatais ocorre por imprudência dos motoristas. “Ela se revela através de algumas atitudes, como excesso de velocidade, ultrapassagem em locais proibidos, o não uso do cinto de segurança e embriaguez”, exemplifica.

Por outro lado, segundo ele, os acidentes sem vítimas normalmente são causados por pura falta de atenção. “Aquele momento de distração do motorista, que acaba batendo na traseira de outro veículo”, comenta.

A BR-101, que corta o Estado de Norte a Sul, é a líder em mortes. Ao todo, foram 95 até 22 de setembro, um aumento de 25% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando 76 ocorrências foram notificadas.

Em seguida, aparece a BR-282, com 71 mortes. Com queda de apenas 4,05%, o número é considerado estável em relação ao mesmo intervalo do ano anterior. Foram registradas 74 mortes na rodovia naquele período.

Mortes em 2021 nas rodovias federais em SC – Foto: PRF/Divulgação/NDMortes em 2021 nas rodovias federais em SC – Foto: PRF/Divulgação/ND

O levantamento da PRF mostra que cinco rodovias federais registraram aumento de mortes em relação a 2020: BR-101, BR-280, BR-153, BR-163, BR-480. Houve queda nas demais.

Mortes em 2020 nas rodovias federais em SC – Foto: PRF/Divulgação/NDMortes em 2020 nas rodovias federais em SC – Foto: PRF/Divulgação/ND

Onde os acidentes ocorrem mais

Segundo Fiamoncini, a maior parte dos acidentes se concentra nas áreas urbanizadas, onde o trânsito local se mistura com aquele de passagem, típico das rodovias.

Em 2021, morreram 261 pessoas em rodovias federais em SC – Foto: Arquivo/Flavio Tin/NDEm 2021, morreram 261 pessoas em rodovias federais em SC – Foto: Arquivo/Flavio Tin/ND

“Um exemplo é a BR-101, que passa aqui pela Grande Florianópolis, corta São José e Palhoça pelo meio”, afirma. O mesmo acontece em Balneário Camboriú e Itajaí. “A BR-470, que corta Blumenau pelo meio, tem o mesmo problema”, completa.

Segundo a PRF, não há um levantamento específico do total de ocorrências fatais no Estado. Os dados oficiais revelam, no entanto, que de 1º de janeiro a 7 de setembro de 2021, 6.020 acidentes ocorreram nas rodovias federais em Santa Catarina.

Números já foram maiores

Apesar da estabilização em níveis altos, o número de mortes nas rodovias federais em Santa Catarina já foi maior.

Em 2019, por exemplo, o total no mesmo período analisado foi de 286 – 9.57% a mais que a análise mais recente.

Rodovias estaduais: onde os acidentes acontecem?

Segundo relatório divulgado pela PMRv, a SC-108 – que compreende Joinville, no Norte de Santa Catarina, e Praia Grande, na região Sul – é a rodovia catarinense com mais mortes e vítimas.

Ao todo, 17 pessoas morreram no trecho entre 1º de janeiro e 22 de setembro de 2021. Durante o período, foram 616 acidentes, que envolveram 1.143 veículos.

Rodovias estaduais e os acidentes – Foto: PMRv/Divulgação/NDRodovias estaduais e os acidentes – Foto: PMRv/Divulgação/ND

Embora a SC-283, entre Concórdia a Itapiranga, não esteja entre as rodovias com mais acidentes, é a segunda em número de mortes. Ao todo, foram nove acidentes com óbito.

Comparativo nas estradas do Estado

Após o número de acidentes com mortes cair 5,63% de 2019 para 2020, o quantitativo estabilizou em 2021. Foram notificados 135 acidentes com mortes, um mais que no mesmo período do ano anterior.

Acidentes com mortes nas rodovias estaduais em SC – Foto: PMRv/Divulgação/NDAcidentes com mortes nas rodovias estaduais em SC – Foto: PMRv/Divulgação/ND

Segundo o cabo Rodrigo Costa, da PMRv, a principal causa de acidentes nas rodovias estaduais é a imprudência, embora perímetros urbanos e rurais tenham suas particularidades.

Comparativos últimos três anos – Foto: PMRv/Divulgação/NDComparativos últimos três anos – Foto: PMRv/Divulgação/ND

“Por via de regra, a imprudência é a maior causa. Ou seja, excesso de velocidade, embriaguez ao volante, ultrapassagens indevidas”, explica.

“Hoje tem uma coisa que está muito em evidência que é a questão do uso de celular. As pessoas têm o habito de dirigir  teclando, falando, e isso gera uma desatenção. Muitas vezes é o suficiente para causar um acidente”, complementa.

Operação de feriado

A PMRv informou que não deve fazer uma operação específica de fiscalização. No entanto, as programações de rotina devem ser intensificadas na segunda-feira (11), dia em que esperam um movimento maior.

BR-116Foram registradas 14 mortes na BR-116 em 2021 – Foto: Autopista Litoral Sul/Divulgação/ND

No feriadão de 7 de Setembro, quatro mortes foram registradas nas rodovias estaduais, número menor que o registrado em 2020.

Em 2020, mesmo no auge da pandemia, foram registradas sete mortes em meio aos 95 acidentes contabilizados. Em 2021, foram 93 ocorrências e quatro mortes.

“Importante destacar que na segunda-feira (6) não foi decretado ponto facultativo aqui em Santa Catarina. Entretanto, como haviam muitos turistas de outras regiões, acabamos, infelizmente, presenciando situações de excesso de velocidade, embriaguez ao volante e outras imprudências”, avaliou o comandante da Polícia Militar Rodoviária, coronel Marcelo Egídio Costa.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Trânsito

Loading...