Vereadores de Chapecó aprovam documento pedindo revitalização da BR-282

Documento será enviado para representantes do DNIT, Governo do Estado, Assembleia Legislativa e bancada catarinense na Câmara Federal

As condições da BR-282, especialmente no Oeste e Extremo Oeste de Santa Catarina, fizeram com que os vereadores de Chapecó apelassem para autoridades estaduais e nacionais, com pedido de melhorias nas condições da via.

Pinalzinho, Oeste, BR-282 – Foto: Fiesc/DivulgaçãoPinalzinho, Oeste, BR-282 – Foto: Fiesc/Divulgação

Uma Moção de Apelo, de autoria do presidente da Câmara, vereador Ildo Antonini (DEM) e subscrito pelos demais vereadores foi aprovada. O documento será enviado para representantes do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes de SC), Governo do Estado, Assembleia Legislativa e bancada catarinense na Câmara Federal.

A moção justifica o investimento em revitalização sobre vários aspectos. Entre eles, que a BR-282 é chamada de “corredor do Mercosul”, como via de escoamento da produção de toda a região Oeste Catarinense em direção aos grandes centros consumidores e portos exportadores. 

Outro fator, é o setor agroindustrial com participação significativa na produção brasileira e nas produções industriais de papel, celulose, mobiliário, bebidas, metal mecânico e outras, gerando riquezas para os municípios do Oeste e Extremo Oeste.

Leia também:

Câmara de Vereadores de Chapecó – Foto: NDTV/ReproduçãoCâmara de Vereadores de Chapecó – Foto: NDTV/Reprodução

O presidente da Câmara, ressalta ainda o alerta da FIESC (Federação das Indústrias de SC), que aponta a rodovia como uma das mais perigosas do estado.

“As constantes interrupções na obra potencializaram todo tipo de insegurança, devido a extinção de acostamentos ou taludes, falta de sinalização, desníveis de acostamento, inúmeros buracos e sobressaltos nas pistas. No trecho entre Chapecó e São Miguel do Oeste, ocorreram 237 acidentes somente no ano passado”, destaca Ildo Antonini.

O texto da moção requer a completa revitalização e a recuperação total da pista, que está bastante danificada nos trechos do Oeste e Extremo Oeste, entre os municípios de Nova Erechim a São Miguel do Oeste.

“Requeremos através dos departamentos responsáveis, que se promova em caráter de urgência a completa revitalização da rodovia nos trechos mencionados”, finalizou Antonini. 

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Trânsito