VÍDEO: policial salva motorista de carro pegando fogo em SC

A colisão frontal ocorreu no início da manhã deste domingo (13) em Campos Novos, no Meio Oeste catarinense; uma mulher morreu ao dar entrada no hospital

O ato heroico de um policial militar chamou a atenção nas redes sociais neste domingo (13). Era pouco antes das 07h quando o sargento Marcos Silva da PM de Campos Novos, no Meio-Oeste de Santa Catarina, estava se deslocando para o trabalho e se deparou com um grave acidente na SC-284, acesso ao Distrito de Ibicuí. 

Um Gol, com placas de Fraiburgo colidiu de frente com um GM Classic Life, com placas de Campos Novos. Com o impacto, o Classic acabou pegando fogo na parte da frente. O motorista, de 20 anos, que estava sozinho, ficou preso dentro do carro. 

O sargento não pensou duas vezes e tentou tirar o jovem do veículo antes que ele incendiasse. “Eu comecei a gravar na hora porque pensei que se eu morresse queimado existiria uma possibilidade de meus filhos saberem que eu morri tentando salvar vidas. Creio que todos têm um propósito e esse é o meu”, relatou o PM.

Jovem pedia por socorro

Segundo o sargento, o jovem pedia por socorro e dizia que estava queimando. Silva tentou abrir as portas, mas não conseguiu. Tentou quebrar os vidros, mas também sem sucesso. Momento em que buscou o extintor de incêndio em sua caminhonete, mas não conseguiu controlar as chamas.

“Naquele momento não daria tempo de esperar os bombeiros porque o carro iria incendiar. Quando puxei uma das portas o vidro estourou e tirei ele para fora pela janela”, contou.

De acordo com o PM, a vítima apresentava fratura nas pernas. “Levei ele até uma distância segura e o coloquei sobre a rodovia até que os bombeiros chegassem. Naquela hora só pensei em tirar ele com vida de dentro do carro”, recordou.

Chamas foram controladas

No outro carro estavam o motorista de 23 anos e a carona, uma mulher de 27 anos. Ambos presos as ferragens. “Não tinha como tirar eles. Então fui a minha caminhonete, peguei uma corda e amarrei no carro. Puxei ele para mais longe para evitar que pegasse fogo junto com o outro veículo”.

O GM Classic incendiou e, na sequência, o Samu e o Corpo de Bombeiros chegaram e encaminharam as vítimas, que apresentavam politraumatismos, ao Hospital Dr. José Athanázio. O incêndio foi controlado. A mulher, natural de Monte Carlo, acabou morrendo ao dar entrada no hospital.

Com o impacto da colisão o Classic ficou totalmente destruído. – Foto: Corpo de Bombeiros/DivulgaçãoCom o impacto da colisão o Classic ficou totalmente destruído. – Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Trânsito

Loading...