VÍDEOS: Maré alta causa alagamentos e transtornos no trânsito em Florianópolis; veja locais

Rodovias de acesso ao Sul e Norte da Ilha têm lâmina de água na pista que atrapalha o tráfego em bairros da Capital

A maré alta prevista para a tarde desta segunda-feira (16) foi confirmada e está causando alagamentos e transtornos em ruas e rodovias de Florianópolis. Os principais trechos afetados são os acessos ao Sul e ao Norte da Ilha.

Faixa da direita da SC-405, no Rio Tavares, ficou completamente alagada – Foto: Guarda Municipal de FlorianópolisFaixa da direita da SC-405, no Rio Tavares, ficou completamente alagada – Foto: Guarda Municipal de Florianópolis

Na SC-405, no bairro Rio Tavares, Sul da Ilha, desde as 14h duas faixas da rodovia já registram lâmina de água. A GMF (Guarda Municipal de Florianópolis) e a PMRv (Polícia Militar Rodoviária Estadual) interditaram a faixa da direita no sentido Centro/Bairro.

Acesso ao Sul da Ilha pela SC-405 está comprometido na altura do bairro Rio Tavares – Vídeo: Guarda Municipal de Florianópolis

Ainda no Sul da Ilha, a Avenida Deputado Diomício Freitas, estrada que dá acesso ao Aeroporto Internacional Hercílio Luz, também tem água na pista. Por ter apenas uma via em funcionamento, um pequeno congestionamento se formou. A GMF monitora o trânsito no local.

Avenida Deputado Diomício Freitas, principal acesso ao Aeroporto Internacional Hercílio Luz, com água na via – Vídeo: Guarda Municipal de Florianópolis

Na Avenida da Saudade, ligação da Beira-Mar Norte com a SC-401, no acesso ao Norte da Ilha, motoristas também encontram alagamento na via. Quem segue sentido Centro/Bairro enfrenta bolsões d´água logo após o elevado. A maré também deixou água acumulada no canteiro central das pistas. Uma viatura da GMF monitora o trânsito no local.

Avenida da Saudade, ligação do Centro com o Norte da Ilha, com registro de alagamento – Vídeo: Guarda Municipal de Florianópolis

De acordo com a Epagri/Ciram devem ser registrados alagamentos e inundações causados pela maré alta até sexta-feira (20), em decorrência do ciclone que está se deslocando para o litoral catarinense. A expectativa é que haja, ainda, vento forte e persistente do quadrante sudoeste e sul influenciado pela lua cheia.

Entre quarta (18) e quinta-feira (19) podem se formar ondas de 3,5 metros a 5,0 metros no litoral e os picos de maré em Florianópolis devem ser registrados às 04h02 e 16h46 de terça-feira (17); às 17h29 de quarta (18); às 18h17 e 21h34 de quinta (19); e às 00h17 e 19h18 de sexta-feira (20).

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Trânsito

Loading...