Zona Azul ainda passa por ajustes no Centro de Florianópolis

Os parquímetros espalhados pela cidade, que foram instalados pela outra empresa que operava o sistema (Dom Parking) não deverão ser reativados

Em funcionamento há quase duas semanas no Centro de Florianópolis, a Zona Azul ainda passa por ajustes. Por enquanto, a forma de comprar créditos é feita somente pelo aplicativo, site e pelos monitores que rondam pela cidade.

Empresa RIzzo Parking irá operar o serviço – Foto: Rizzo Parking/Divulgação/ND

Ocorre que nem sempre os motoristas têm encontrado os monitores na hora de estacionar o carro. Segundo o secretário de mobilidade e planejamento urbano da cidade, Michel Mittmann, em breve os pontos de venda físicos também estarão disponíveis.

Nesta terça-feira o secretário deve receber um relatório consolidado do trajeto feito pelos 40 monitores nessas duas semanas e, a partir daí, otimizar a circulação dos fiscais para melhorar a oferta à população. Mas Mittmann ressalta que a forma mais prática é comprar os créditos pelo aplicativo da Rizzo Parking.

Os parquímetros espalhados pela cidade, que foram instalados pela outra empresa que operava o sistema (Dom Parking) não deverão ser reativados. A prefeitura irá retirar os equipamentos do espaço público.

+

Últimas notícias