Blumenau amplia horários do transporte coletivo

A medida foi tomada diante da diminuição de casos diários do coronavírus e do repasse de R$5 milhões à empresa responsável pelo serviço na cidade

Blumenau anunciou nesta sexta-feira (11) a ampliação dos horários de funcionamento do transporte coletivo na cidade. A medida, segundo o município, foi tomada diante da diminuição de casos diários do coronavírus e do repasse de R$5 milhões à empresa responsável pelo serviço na cidade.

Secretário pede moderação no uso do transporte coletivo – Foto: Divulgação/Prefeitura de Blumenau

As mudanças entram em vigor a partir da próxima quarta-feira (16). De segunda a sexta os ônibus funcionarão em quatro períodos:

  • 4h às 8h
  • 11h30 às 14h30
  • 16h30 às 19h30
  • 21h30 às 22h40

No sábado, o transporte coletivo vai operar em dois períodos:

  • 7h às 9h
  • 11h às 13h30

Nos domingos e feriados não haverá operação do transporte coletivo para o público em geral, apenas para profissionais da saúde que usam o serviço para chegar aos hospitais da cidade. Além disso, idosos seguem proibidos de utilizar o serviço.

Apesar da ampliação dos horários no transporte coletivo, o secretário Municipal de Saúde, Winnetou Krambeck, pede moderação no uso do serviço. “O transporte coletivo é para situações essenciais em que você tem realmente necessidade de sair de casa”, explica Krambeck.

Segundo o município, os novos horários foram definidos com base em estudos que avaliaram a demanda e os períodos com maior circulação de pessoas. Além disso, novas ampliações no horário de funcionamento do transporte coletivo podem ser anunciados, dependendo da situação da pandemia na cidade.

Números do coronavírus em Blumenau

Nesta sexta-feira (11) Blumenau chegou a 12.298 casos confirmados de coronavírus. Foram 28 casos nas últimas 24 horas. Do total de pacientes infectados, 313 estão em tratamento. A ocupação de leitos de UTI caiu para 28%.

A prefeitura informou ainda que o número de mortes na cidade chegou a 139. A última vítima foi uma mulher de 76 anos, que faleceu na noite da última quinta-feira (10). Ela estava internada na UTI desde o dia 31 de agosto.

Mesmo com o cenário positivo da pandemia na cidade Krambeck pede a população para que mantenha os cuidados. “O vírus não foi embora. Ele não deixou Blumenau. Nós precisamos que as pessoas tenham consciência, mantenham seus cuidados, pra que a gente possa passar por isso”, alerta o secretário.

+

Transportes