Entenda por que os tripulantes do Ever Given podem ficar anos presos no Canal de Suez

Um mês após a liberação no navio, 25 tripulantes continuam confinados dentro do navio cargueiro

O navio Ever Given, que tomou conta dos holofotes no mundo todo após encalhar no Canal de Suez, no Egito, em março deste ano, ainda continua dando o que falar. É que um mês após ser liberado, os tripulantes continuam presos dentro do cargueiro sem autorização para sair.

Navio que transporta contêineres Ever Given estava bloqueando o Canal de Suez – Foto: Reprodução/YoutubeNavio que transporta contêineres Ever Given estava bloqueando o Canal de Suez – Foto: Reprodução/Youtube

O motivo do confinamento dos 25 trabalhadores é um conflito multimilionário. É que a Autoridade do Canal de Suez disse que o navio vai permanecer no país até que os danos financeiros e à imagem do local sejam pagos, quantia estimada em US$ 1 bilhão.

Por causa disso, o Ever Given é tido como confiscado neste momento, segundo a Evergreen, empresa dona do porta-contêineres. A situação envolve empresas, seguradoras e outras agências e especialistas dizem que a resolução do problema pode levar anos.

Vale lembrar que esse tipo de confinamento já ocorreu antes. O marinheiro Mohammed Aisha ficou quatro anos em um navio preso por causa de problemas na documentação da embarcação.

+

Transportes

Loading...