Manifestantes fecham garagem de ônibus em Florianópolis nesta terça

A manifestação, nesta terça-feira (1º), reflete nos horários de saída dos veículos; linhas do Norte e Sul são as mais afetadas

Os horários de saída dos ônibus no Norte da Ilha de Santa Catarina devem sofrer alterações na manhã desta terça-feira (1º). Isso porque trabalhadores da empresa de transporte Canasvieiras, de Florianópolis, estão desde as 5h mobilizados em uma manifestação na garagem da companhia.

Manifestantes se reuniram no início da manha na garagem de uma empresa de ônibusManifestantes se reuniram no início da manha na garagem de uma empresa de ônibus – Foto: Divulgação/ND

Os profissionais reivindicam as rescisões dos trabalhadores demitidos. Ao todo, segundo o grupo, cerca de 1.200 funcionários foram desligados desde o início da pandemia.

A abertura da garagem está sendo feita de forma escalonada. “A gente vai ter um certo atraso na saída dos ônibus. Fato que ocasionou também bastante fila dentro dos terminais”, informou a chefe de Operações da GMF (Guarda Municipal de Florianópolis), Karina Lúcia Barbosa Schmitt.

Segundo a prefeitura, estão sendo afetadas as linhas de ônibus para as regiões Norte, Centro, Leste e Bacia do Itacorubi. Não há previsão de normalização.

Às 8h, a reportagem do ND+ ainda aguardava a posição da Canasvieiras Transportes.

Justificativas

Segundo o Sintraturb (Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Urbano, Rodoviário, Turismo, Fretamento e Escolar de Passageiros da região), o MPT (Ministério Público do Trabalho) foi acionado. Nesta terça-feira, a Câmara de Vereadores vota os encaminhamentos para o MPT.

Na sexta-feira (28), profissionais da empresa já haviam realizados protestos no local. Na ocasião, foram afetadas as linhas das regiões Norte, Leste, Centro e Bacia do Itacorubi.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Transportes