Moradores de Blumenau contam com apenas 14 veículos de transporte alternativo nesta terça-feira

Uma nova empresa foi contratada emergencialmente para operar o transporte coletivo no município, mas só começa o trabalho no dia 1º de fevereiro

Quem depende do transporte coletivo para se locomover na cidade de Blumenau precisará buscar meios alternativos e de paciência. A prefeitura rompeu o contrato com o consórcio que fazia o transporte e está com dificuldades de encontrar empresas interessadas oferecer o serviço alternativo temporariamente. A secretaria de transporte abriu chamado na manhã de segunda (25), mas até a manhã desta terça (26), apenas 14 veículos, entre vans, ônibus e micro-ônibus, solicitaram autorização para o serviço e estão circulando no município.

Divulgação/ND

Corredores exclusivos foram liberados para os carros

Os veículos não são suficientes para atender a demanda, não cobrem todas as regiões e trabalham apenas entre 6h e 20h, mas com horários ainda indefinidos, circulam mais nos horários de pico. O valor máximo do transporte alternativo, que provavelmente funcionará até a próxima semana quando a nova empresa contratada de maneira emergencial assume, ficou fixado em R$4,00. 

Na tarde de segunda (25), a prefeitura fechou negócio com a empresa Viação Piracicabana Ltda., de São Paulo, para oferecer o serviço na cidade até que seja feita uma nova licitação. Porém, a nova empresa começa a operar somente a partir do dia 1º de fevereiro. O contrato emergencial tem validade de seis meses e pode ser prorrogado pelo mesmo prazo. 

A assessoria de imprensa informou ainda que está “difícil dar ampla divulgação ao transporte alternativo” justamente por não ter a quantidade de veículos, nem horários suficientes para atender a população, mas disse que está avaliando e logo deve divulgar os locais de chegada, partida e horários. 

A tarifa do transporte é outra questão que será mudada a partir da próxima semana. O valor pago pelo transporte do consórcio Siga era R$3,30, mas a partir desta quarta (27), ainda que a empresa contratada emergencialmente comece a trabalhar somente na próxima segunda (1º), passa a valer a nova tarifa a R$3,65. Para o transporte alternativo com vans e micro-ônibus continua valendo o valor máximo de R$4,00.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Transportes

Loading...