Palhoça discute edital de concessão do transporte marítimo

Começa segunda-feira, em Palhoça, a discussão sobre o edital de concessão do transporte marítimo. Às 17h, no gabinete do prefeito Ronério Heiderscheidt, será apresentado um vídeo e a maquete elaborada pela Iguatemi Consultoria e Serviço de Engenharia Ltda, empresa responsável pela elaboração dos projetos de viabilidade técnica para a implantação do sistema de transporte marítimo de Palhoça. Além disso, começar o processo de discussão para a elaboração do edital de concessão para definir a empresa que será responsável pela operacionalização do novo modal em Palhoça.

No dia 20 de março, os quatro projetos que criam em Palhoça o sistema de transporte marítimo foram entregues pelo prefeito de Palhoça, Ronério Heiderscheidt, a superintendente do Patrimônio da União, Isolde Espíndola. Está na mesa do SPU analise dos quatro projetos básicos de engenharia para a implantação dos terminais marítimos nas localidades da Ponte do Imaruim, Barra do Aririú, Praia do Sonho e Praia de Fora.

Embora não tenha dado um prazo determinado para concluir a apreciação dos projetos, a superintendente Isolde garantiu total empenho do SPU e reafirmou que é parceira para a criação desse modal não apenas para Palhoça mas para toda a região metropolitana.

Para o prefeito Ronério, é mais uma etapa vencida de um longo processo burocrático para a implantação efetiva desse modal. “ É mais uma vitória. Já temos a lei que nos garante a criação do transporte marítimo e que inclusive pode ligar Palhoça aos demais municípios da região, só precisamos para isso, da anuência de cada prefeito”, disse o prefeito Ronério. Ele destacou que o êxito desse modelo depende da conexão com os demais municípios da região metropolitana, especialmente, Florianópolis.

Acesse e receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Transportes