Quatro das maiores cidades de SC vetam entrada de ônibus interestaduais

Florianópolis, Blumenau, Chapecó e Joinville se mostram contrários ao retorno da atividade; Lages e Itajaí devem definir situação durante a semana

O governo de Santa Catarina autorizou, a partir desta segunda-feira (3), a retomada do transporte coletivo interestadual de passageiros. Apesar da  liberação no estado ser de competência da SIE (Secretaria da Infraestrutura e Mobilidade), a medida é refutada pelas prefeituras de quatro das maiores cidades do Estado. As administrações municipais tem o poder de restringir a medida.

Prefeituras de quatro das grandes cidades do Estado são contra o retorno da atividade – Foto: Flávio Tin/Arquivo/ND

Em contato com a reportagem do nd+, as prefeituras de Florianópolis, Joinville, Blumenau e Chapecó afirmaram que a atividade não voltará a atuar de momento.

Já o município de Lages, na Serra catarinense, segue em reuniões e deve definir a situação ao longo da semana. Itajaí deve tomar um posicionamento já nesta terça-feira (4).

Em Criciúma, algumas linhas estaduais começaram a operar na rodoviária do município.

Veja a posição de cada cidade:

Florianópolis: O transporte interestadual segue proibido no município. A medida segue em vigor mesmo diante da liberação do governo;

Joinville: Conforme a prefeitura, ao menos “no momento”, o serviço segue proibido na cidade;

Chapecó: A administração municipal afirmou que aguarda publicação da portaria por parte do governo, mas que “por enquanto a atividade segue restrita no município”;

Itajaí: A Procuradoria Geral do município irá avaliar nesta terça-feira como ficará a situação do transporte interestadual em Itajaí. O decreto municipal que proíbe o transporte coletivo em todas a suas modalidades (municipal, intermunicipal e estadual) segue válido ao menos até esta terça.

Blumenau: A circulação e o ingresso de veículos de transporte interestadual e internacional de passageiro segue proibida no município; quatro mortes por Covid-19 foram registradas no município apenas nesta segunda-feira.

Lages: O prefeito Antônio Ceron (PSD) irá discutir a medida com a Secretaria de Saúde e Secretaria de Serviços Público e Meio Ambiente do município. Ao longo dessa semana a prefeitura deve se manifestar a respeito da decisão.

Criciúma: Conforme a prefeitura, na região carbonífera, o transporte urbano segue suspenso até o dia 10 de agosto, porém, com o decreto estadual, algumas linhas interestaduais começaram a operar na Estação Rodoviária de Criciúma.

Entenda a situação:

Com o vencimento do decreto que suspendia a entrada dos ônibus interestaduais, ou seja, vindo de outros estados, este serviço já pode voltar a funcionar em Santa Catarina a partir desta segunda-feira (3).

Isso se torna possível pois havia um vácuo na legislação catarinense, já que o decreto estadual n° 630 deixou de valer no último domingo (2).

Segundo o secretário da Infraestrutura, Thiago Vieira, a liberação dos ônibus interestaduais não foi considerado ao gravíssimo cenário enfrentado em todo o Estado.

Além disso, ele afirmou que é possível um controle mais efetivo em comparação ao transporte urbano por apresentar “características rodoviárias”.

Casos em Santa Catarina

Conforme o último boletim divulgado pelo governo do Estado nesta segunda-feira, Santa Catarina tem 88.889 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) e 1.196 mortes.

Veja os números das cidades citadas:

  • Florianópolis: 3.656 casos e 57 óbitos;
  • Joinville: 7.750 casos e 134 óbitos;
  • Chapecó: 3.883 casos e 22 óbitos;
  • Itajaí: 3.823 casos e 101 óbitos;
  • Blumenau: 5.482 casos e 57 óbitos;
  • Lages: 1.268 casos e 15 óbitos;
  • Criciúma: 2.738 casos e 30 óbitos.
+

Transportes