Atleta de SC disputará competição milionária de triatlo nos EUA

Igor Amorelli, que é natural de Minas Gerais, mas catarinense de "coração", estará nos EUA, no domingo, para disputar o Campeonato Mundial da Organização de Triatletas; título vale U$1.150.000,00

No próximo domingo (6), cerca de cem atletas profissionais disputarão o Campeonato Mundial da Organização de Triatletas Profissionais (PTO – sigla em inglês).

Após um ano marcado por diversos cancelamentos e uma mudança enorme no calendário de eventos esportivos, os melhores triatletas do mundo estarão alinhados para encarar 2 km de natação, 80 km de ciclismo e 18 km de corrida em Daytona, nos Estados Unidos, e entre eles estará o mineiro de nascimento e catarinense de coração, Igor Amorelli.

Competição será realizada no Challenge Daytona com premiação recorde de U$1.150.000,00. Largada dos profissionais será às 16h (horário de Brasília) – Foto: Romulo Cruz/NDCompetição será realizada no Challenge Daytona com premiação recorde de U$1.150.000,00. Largada dos profissionais será às 16h (horário de Brasília) – Foto: Romulo Cruz/ND

O evento tem formato inédito e será realizado no Challenge Daytona com distâncias próximas a um Ironman 70.3. Além disso, a competição terá uma premiação recorde de U$1.150.000,00.

Após um ano sem competir (a última prova de Igor foi no Ironman 70.3 Cartagena, em dezembro de 2019, conquistando o vice-campeonato), o triatleta que reside em Balneário Camboriú fez uma preparação intensa para o principal evento da temporada.

“Minha preparação foi muito boa. Será uma prova muito forte e muita rápida. Acredito que a definição será na corrida e não no ciclismo”, avalia.

Igor está alinhado ao lado de grandes nomes do circuito mundial. Classificado por fazer parte dos 40 melhores do ranking mundial, o catarinense ganhou a oportunidade de competir na prova com a maior premiação da história da modalidade.

Igor Amorelli, natural de Minas Gerais, mas catarinense de “coração” – Foto: Sixcom Comunicação/divulgação/NDIgor Amorelli, natural de Minas Gerais, mas catarinense de “coração” – Foto: Sixcom Comunicação/divulgação/ND

Todos esses fatores atraem para os Estados Unidos um grupo fortíssimo de competidores e a disputa, que está programada para às 16h (horário de Brasília), promete ser extremamente equilibrada.

“Com certeza será um evento com altíssimo nível técnico. Posso dizer que todos que estão largando têm boas chances de brigar por um pódio. Estou bem animado por pode competir ao lado de grandes atletas”, acrescenta Igor Amorelli.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...