Cacau Menezes

Apaixonado pela sua cidade, por Santa Catarina, pelo seu país e pela sua profissão. São 45 anos, sete dias por semana, 24 horas por dia dedicados ao jornalismo


As riquezas e belezas naturais do nosso estado não são novidade para ninguém

Cada região muitas atrações

Essa é uma igrejinha do século XIX que fica no morro do 80, em Ascurra. O santo padroeiro é São Roque. Ela é linda e a última restauração foi em 2010. Qualquer igreja como essa seria ponto turístico em uma pequena cidade europeia. – Foto: Divulgação

Cada região de Santa Catarina tem no mínimo um atrativo turístico, com uma diversidade capaz de agradar todos os perfis de visitantes.

Mas o mais interessante é pensar no potencial turístico de pequenos municípios que ainda não fazem parte das rotas mais conhecidas. No Vale do Itajaí, por exemplo, duas pequenas cidades surpreendem. Em Rodeio, um recanto natural chamado Vale das Trutas produz cerca de 80 mil unidades do peixe por ano, e o restaurante montado no local não perde para os charmosos bistrôs do interior da Europa. Os vinhos e espumantes produzidos no município são ofertados com orgulho pelos proprietários, que sabem a importância de valorizar a qualidade da produção local.

Bem do ladinho, a cidade de Ascurra também chama a atenção. Rota de ecoturismo, nesse fim de semana foram milhares os ciclistas que aproveitaram o feriadão para pedalar e descobrir as belezas naturais da cidade, que tem cachoeiras, pousadas, grutas religiosas e uma paisagem linda.

A pergunta é: por que a gente nunca ouve falar desses lugares? Precisamos valorizar e reconhecer esses encantos de Santa Catarina, e estimular o turismo nos pequenos municípios. Todos temos a ganhar.