Balneário Camboriú anuncia “supertemporada” para retomada econômica

"BC 4 Estações" prevê uma temporada de nove meses, de julho de 2021 a março de 2022, para recuperar os impactos sofridos com a pandemia

Balneário Camboriú quer retomar o que foi mais impactado com a pandemia de Covid-19, o turismo, principal atividade econômica da cidade. Para isso, a prefeitura anunciou nesta terça-feira (23) o “BC 4 Estações”, um Plano de Aceleração para o Desenvolvimento Econômico e Turístico que deve ser implantado a partir de julho deste ano.

O plano é uma forma de recuperar a movimentação turística no município, e consequentemente, a economia. A apresentação foi feita pelo prefeito Fabrício Oliveira (PODE) e pelo secretário de Turismo Geninho Goes.

Balneário Camboriú anuncia “supertemporada” para retomada turística – Foto: Ivan Rupp/Secom/DivulgaçãoBalneário Camboriú anuncia “supertemporada” para retomada turística – Foto: Ivan Rupp/Secom/Divulgação

A ideia é de estabelecer uma “supertemporada”, que deve durar nove meses, de julho de 2021 a março de 2022, para recuperar os impactos sofridos com a pandemia.

A prefeitura prevê eventos e roteiros inéditos para turistas, além da remodelação de eventos já existentes, como a Festa dos Amigos. Outros eventos são a Regata Internacional, o Festival da Primavera, BC em Festa, Maratona BC Good Vibes, além dos relacionados ao Natal, Réveillon e Carnaval.

“Nós sabemos que sempre depois de uma crise acontece um momento de oportunidades e nós temos que preparar a cidade para isso”, pontuou o prefeito Fabrício.

O plano inclui treinamento para todos os ambulantes e para quem atende o visitante (hotelaria, receptivos, comércio em geral, bares e restaurantes), campanhas de conscientização turística, entre outras ações.

Plano incluí novos roteiros, eventos e repaginação do calendário turístico da cidade – Foto: Assessoria FG Big Wheel/DivulgaçãoPlano incluí novos roteiros, eventos e repaginação do calendário turístico da cidade – Foto: Assessoria FG Big Wheel/Divulgação

“Balneário Camboriú é uma cidade premiada, mas temos que estar preparados para receber os turistas. Vamos fazer a temporada de nove meses. Se a pandemia não permitir começar em julho, podemos prorrogar o início da temporada”, explicou o secretário.

Para executar o plano e obter recursos, serão feitas parcerias com  instituições de ensino locais, SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial), SINE (Sistema Nacional de Emprego), empresas privadas, entidades de classe, Ministério do Turismo e Santur (Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina).

Acesse e receba notícias de Itajaí e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Turismo