Cidades do Litoral de SC se preparam para retomada de cruzeiros em 2021

Em Porto Belo, nova temporada turística deve começar já em novembro; Itajaí deve investir em um novo terminal de passageiros

O setor turístico de cidades do Litoral catarinense já se preparam para o retorno do desembarque de cruzeiros. Em Porto Belo, inclusive, sete escalas já estão marcadas já para novembro deste ano.

Ano passado, o setor de cruzeiros passou cerca de três quartos do ano sem poder operar. Foram cerca de R$ 110 bilhões que deixaram de ser movimentados em todo o país. Itajaí estimava que a temporada 2020/2021 seria a melhor dos últimos anos, mas nenhum cruzeiro pode atracar na costa catarinense, e o setor ficou parado.

Cidades do Litoral de SC se preparam para retomada de cruzeiros em 2021 – Foto: Prefeitura de São Francisco do Sul/DivulgaçãoCidades do Litoral de SC se preparam para retomada de cruzeiros em 2021 – Foto: Prefeitura de São Francisco do Sul/Divulgação

Agora, mesmo estando na pior fase da pandemia, as empresas e os municípios já se preparam para uma retomada gradual. A estimativa é que mais de 23 mil embarques e desembarques aconteçam na região.

Em Porto Belo, segundo a presidente da Fundação Municipal de Turismo, Zenelise Drodowski, o município se reuniu com empresas e associações de turismo na última semana e deu sinal verde para que cruzeiros marítimos atracassem na cidade.

Segundo ela, as empresas apresentaram protocolos sanitários para o embarque e desembarque de passageiros, além de medidas preventivas a bordo das embarcações.

Infraestrutura

Já em Itajaí, um novo Terminal de Passageiros, ao lado do Centreventos, deve ser construído. Mas o projeto ainda está no papel e depende de tratativas entre a Prefeitura e o Porto, que é dono do terreno onde o terminal será construído.

O secretário de Turismo da cidade, Evandro Neiva, explica que o novo terminal está na fase de pré-projeto, e que o andamento é lento, ainda mais durante a pandemia.

Porto Belo deve receber sete escalas, já em novembro deste ano – Foto: MSC Cruzeiros/DivulgaçãoPorto Belo deve receber sete escalas, já em novembro deste ano – Foto: MSC Cruzeiros/Divulgação

Além disso, o município tem uma parceria com a Receita Federal e com a Polícia Federal para receber turistas no espaço anexo ao Centreventos. “Itajaí não vai fazer nada sem que o cenário permita”, reforça.

De acordo com Evandro, o setor turístico é um que vai precisar esperar para um retorno. “Bares e restaurantes conseguiram se adaptar, por exemplo, mas o turismo, casas de shows, casas noturnas, vão precisar esperar o cenário melhorar”, explica.

Protocolos de segurança

Empresas de turismo protocolaram medidas de segurança que devem ser adotadas, assim que a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizar a retomada.

Entre as medidas, de acordo com a CLIA Brasil (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos) está a obrigatoriedade de todos os hóspedes realizarem teste para detectar se estão infectados com Covid-19, antes de todos os embarques.

Além disso, a bordo dos cruzeiros, será obrigatório o uso de máscaras, distanciamento e menor ocupação dos ambientes, que devem ser arejados.

As empresas também apresentaram um plano de contingência para manter a saúde a bordo, incluindo disponibilidade de corpo médico especialmente treinado para avaliação e monitoramento dos hóspedes e tripulantes.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Turismo