De Timbó a Timbó: pedale durante uma semana no primeiro Circuito de Cicloturismo do Brasil

Aventura inteligente leva visitantes por nove cidades, em 300 quilômetros de puro encantamento entre as atrações do Vale Europeu

Cicloturismo – Foto: Prefeitura de Timbó-SC/DivulgaçãoCicloturismo – Foto: Prefeitura de Timbó-SC/Divulgação

No Município de Timbó existe um trabalho voltado ao setor turístico, em busca da qualidade de vida de seus moradores e visitantes. Integrado ao Vale Europeu, um dos destaques é o primeiro Circuito de Cicloturismo criado no Brasil, sendo o principal destino de cicloturistas do país.

A prática cumpre a tradição dos imigrantes europeus, afinal, andar de bicicleta é mais do que um esporte para eles: é um estilo de vida.

Na ShowMe você encontra as melhores informações sobre turismo nas rotas por Santa Catarina. Agora é a vez de saber mais sobre o Cicloturismo!

Uma aventura saudável e inteligente procurada por ciclistas de todo o Brasil – Foto: Leandro dos Santos AraujoUma aventura saudável e inteligente procurada por ciclistas de todo o Brasil – Foto: Leandro dos Santos Araujo

Se você quer observar os encantos do Vale Europeu sobre duas rodas, não há alternativa melhor. Timbó é considerada a Capital do Cicloturismo porque na cidade inicia e termina um roteiro com infraestrutura organizada para sete dias, passando por nove cidades, oferecendo a oportunidade de pedalar cerca de 300 quilômetros.

Um passeio para ficar marcado para sempre na vida do ciclista – Foto: Daniele F. BorchardtUm passeio para ficar marcado para sempre na vida do ciclista – Foto: Daniele F. Borchardt

Tudo isso, respirando a atmosfera do Velho Continente, suas características, gastronomia, cultura e história trazidas pelos imigrantes alemães e italianos. Além de manter a sua forma em dia, este é um passeio com experiências diversificadas para recordar durante o resto da vida.

Especialmente, se você vem de uma família de imigrantes europeus, pedalar por este vale vai fazer todo o sentido e, com certeza, você vai sentir saudade depois!

E aí? Você tem fôlego?

Aventura sobre duas rodas

Lugares que encantam os participantes e enriquecem a aventura – Foto: DivulgaçãoLugares que encantam os participantes e enriquecem a aventura – Foto: Divulgação

Cada dia de pedalada leva o aventureiro para um local diferente. Há sinalização no sistema autoguiado (self-guided) no trajeto circular. Com roteiros de cerca de 40 quilômetros por dia, o circuito passa pelos municípios de Timbó, Pomerode, Indaial, Ascurra, Apiúna, Rodeio, Benedito Novo, Doutor Pedrinho e Rio dos Cedros, retornando a Timbó.

No caminho dos ciclistas há os mais importantes atrativos turísticos da região, como cachoeiras, arquitetura colonial e opções culturais, passando por estradas de terra que também levam o visitante a contemplar a natureza de forma especial.

O circuito é pensado para uma orientação fácil e prática. Há um guia com mapas, planilhas, informações sobre hospedagens, alimentação e atrações turísticas que facilita a aventura de pedalar durante uma semana pelo Vale Europeu. Ao final, o inscrito recebe um certificado de conclusão.

Veja como é o percurso:

  • Dia 1 – Timbó – Pomerode
  • Dia 2 – Pomerode – Indaial
  • Dia 3 – Indaial – Rodeio
  • Dia 4 – Rodeio – Doutor Pedrinho
  • Dia 5 – Doutor Pedrinho – Alto Cedros
  • Dia 6 – Alto Cedros – Palmeira
  • Dia 7 – Palmeiras – Timbó

Confira os detalhes aqui.

Veja algumas fotos do trajeto:

Circuito de Cicloturismo – Foto: PiloCircuito de Cicloturismo – Foto: Pilo
Circuito de Cicloturismo – Foto: PiloCircuito de Cicloturismo – Foto: Pilo
Circuito de Cicloturismo – Foto: Kleber de PaulaCircuito de Cicloturismo – Foto: Kleber de Paula
Circuito de Cicloturismo – Foto: Raul TafnerCircuito de Cicloturismo – Foto: Raul Tafner

Se você sonhava com uma aventura assim, encontrou o lugar certo!

Uma cidade acolhedora que se desenvolve

Ao chegar em Timbó, percebe-se o quanto a cidade sabe acolher seus visitantes. Inspirada na tradição dos antepassados europeus, foi fundada por Frederico Donner, imigrante alemão, em 1869, data em que construiu sua moradia e a primeira casa comercial às margens do rio Benedito. Depois, mais famílias alemãs se instalaram ali.

E o uso de bicicletas veio com esses colonizadores. Hoje, pode-se pedalar diante de cachoeiras e outros encantos naturais, locais com a arquitetura colonial e as marcas deixadas na história.

Acolhimento aos cicloturistas é só mais uma característica dos timboenses – Foto: DivulgaçãoAcolhimento aos cicloturistas é só mais uma característica dos timboenses – Foto: Divulgação

Assim, Timbó preserva características culturais, organizando seu desenvolvimento em programas inteligentes. Por isso, este município consegue atrair visitantes e ganhar admiradores em muitos lugares.

Ficou empolgado com a possibilidade de fazer este circuito?

Se você ainda não é um cicloturista experiente, aproveite algumas dicas de segurança:

  • Não deixe seus familiares ou amigos apreensivos. Entregue a eles uma cópia de sua rota;
  • Use GPS e compartilhe sua rota, para ficar bem monitorado;
  • Leve com você documentos pessoais e informações sobre saúde
  • Preste bastante atenção à alimentação e à hidratação;
  • Escolha bem seus equipamentos e conheça bem sua byke, para não passar trabalho com pequenos problemas, e aproveite tudo o que o passeio pode oferecer!

Clique aqui e saiba mais sobre o Circuito do Cicloturismo.

Prefeitura Municipal de Timbó

Turismo no município

  • Av. Getúlio Vargas, 700 – Centro
  • De segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 17h.
  • Central de Atendimento: Das 8h às 12h e das 13h às 17h (sala 04).
  • Telefones: (47) 3382-3655 e (47) 3380-7000
  • contato@timbo.sc.gov.br

Explore mais conteúdos da cidade