Sem queima de fogos, festas particulares são opções para curtir Réveillon em Florianópolis

Reportagem do Balanço Geral Florianópolis separou duas opções de festas para receber 2022 sem deixar os protocolos sanitários de lado

O Réveillon está logo aí e muitas pessoas procuram Florianópolis para comemorar a data. Mesmo com o cancelamento da queima de fogos, a Capital tem outros atrativos. A reportagem do Balanço Geral Florianópolis separou duas opções de festas para receber 2022 sem deixar os protocolos sanitários de lado.

Sem queima de fogos, festas particulares são opções para curtir Réveillon em Florianópolis – Foto: Cristiano Andujar/PMFSem queima de fogos, festas particulares são opções para curtir Réveillon em Florianópolis – Foto: Cristiano Andujar/PMF

A notícia sobre o cancelamento chegou no começo da semana do Natal. As mudanças no cenário da pandemia e a preocupação das autoridades levaram muitos municípios catarinenses a cancelarem a festa da virada, assim como as tradicionais queimas de fogos. Mas isso não deve impedir que outras atrações privadas encantem o público na chegada de 2022.

A ideia, claro, é festejar a chegada do ano novo sem deixar de lado os protocolos de segurança. E para isso, os eventos devem ficar atentos aos regramentos sanitários. O último decreto estadual, divulgado na quarta-feira passada (22), altera o artigo que decreta estado de calamidade pública em Santa Catarina. Agora, cada município fica responsável tanto pela aprovação quanto pela fiscalização dos eventos.

Em Florianópolis, o decreto vigente para essas festas é o Evento Seguro, que determina a exigência do comprovante de vacinação com duas doses ou dose única, além do uso de máscaras e a disponibilização de álcool em gel.

Segundo o produtor do Baile da Virada, Philippe Duarte, o evento “já acontece desde 2014. E esse ano em específico, por causa da situação da Covid, a gente vai ser um evento com selo Evento Seguro. Só poderão entrar no evento as pessoas que tiverem as duas doses da vacina, seguindo todos os decretos e os protocolos da prefeitura e do governo do Estado”.

Além de oferecer ao público uma festa com atrações para todos os estilos, o evento também conta com um open bar e open food, para todos poderem aproveitar a gastronomia enquanto curtem o Réveillon. O evento acontece em um hotel nos Ingleses.

Praia dos Ingleses é uma das mais visitadas na Capital – Foto: Leo Munhoz/NDPraia dos Ingleses é uma das mais visitadas na Capital – Foto: Leo Munhoz/ND

“Todos os clientes do evento possuem acesso direto e exclusivo para a praia. Então, durante a festa, eles podem ir para a praia pular as sete ondinhas, comemorar a virada do ano com o pé na areia e a nossa queima de fogos vai ser a principal queima de fogos da orla da praia dos Ingleses. A gente tá esperando um pouco mais de 10 minutos de queima de fogos”, disse Duarte.

Outro diferencial do evento é a preocupação com a sustentabilidade. Além dos protocolos sanitários, será feita a gestão de resíduos e o uso de copos retornáveis.

De acordo com o produtor do evento, a proposta sempre foi fugir “um pouco da badalação. Dentro do nosso evento, a gente vai ter famílias com crianças, bebês, pais, avós. Falo isso pela minha própria família que vai estar aqui com a gente. O meu filho de 9 meses vai participar do evento. A gente tem espaço kids para crianças acima de 6 anos com recreadores até as 3h e acho que essa proposta de evento acaba se diferenciando um pouco do mercado e sendo uma boa opção para quem busca isso”.

Quem procura mais agito e um público bem jovem, um bar na Praia Brava também vai oferecer diversas atrações. Segundo o maître da casa, Edison de Souza da Costa, o Réveillon no local “vai ser exclusivo para 400 pessoas, com todos os protocolos de segurança. Vai ter ilhas gastronômicas, vai ter open bar, open food, vai ter o DJ residente tocando. Começa às 22h e vai até o amanhecer”.

Além de todo o charme da festa, a praia também é uma atração extra para o evento. Uma paisagem paradisíaca que deve embalar essa virada de ano. “É uma retomada para todo o público, todo o turista e a expectativa é muito grande. É alegria, festa e é isso aí”, falou Costa.

Confira mais informações na reportagem do BG Floripa!

+

BG Florianópolis

Loading...