FOTOS: Conheça cinco atrações turísticas mais perigosas do mundo

Dentre as atrações está o “Camino a Los Yungas”, localizado na Bolívia, e mundialmente famoso por sua estrada estreita e descidas íngremes

Nesta semana, duas mulheres caíram do alto de um precipício após um balanço se romper na borda de um penhasco em Sulak Canyon, na Rússia. O local que é descrito como o cânion mais profundo da Europa é uma atração turística do Daguestão, e não é o único lugar a oferecer perigo aos turistas que buscam uma aventura.

O ND+ separou cinco atrações turísticas mais perigosas do mundo. Confira a lista!

Trilha, na China, é uma das atrações turísticas mais perigosas – Foto: Divulgação/NDTrilha, na China, é uma das atrações turísticas mais perigosas – Foto: Divulgação/ND

Camino a Los Yungas

Conhecido como a “estrada da morte”, o local é uma atração turística localizada na Bolívia. Ficou mundialmente famoso por sua estrada estreita, em alguns pontos com três metros de largura, descidas íngremes, e extremamente perigosa.

Apesar de ter ficado menos perigosa a partir de 2007, quando a uma nova estrada foi inaugurada e retirou boa parte do tráfego, um dos grandes perigos da trilha está na falta de segurança, já que não existem barreiras durante o percurso e em alguns trechos há precipícios de aproximadamente 600m.

A “estrada da morte” protagonizou o pior acidente rodoviário da Bolívia, quando em 1983, um ônibus com mais de 100 pessoas despencou da pista, matando todos os passageiros.

Trilha é conhecida como
1 2
Trilha é conhecida como "estrada da morte" - Filrom iStock/ Divulgação/ND
Trilha foi palco do maior acidente rodoviário dos anos 80, deixando 100 mortos - Road Creative Commons/ Divulgação/ND
2 2
Trilha foi palco do maior acidente rodoviário dos anos 80, deixando 100 mortos - Road Creative Commons/ Divulgação/ND

Vulcão Erta Ale

O vulcão localizado na região de Afar Depression, na Etiópia, está ativo desde 1967. É um dos lugares mais temidos pelos habitantes locais, mas recebe muitos turistas de todo o mundo, que, sem supervisão adequada, podem assumir certos riscos devido à periculosidade do local.

A última grande erupção aconteceu em 2005, quando animais que viviam em áreas próximas morreram e os habitantes foram forçados a sair da região.

Em 2016, um visitante descreveu o turismo como “mágico, perigoso, e louco”, em um site de turismo ele escreveu: “Estamos a poucos metros de uma cratera repleta de lava. O calor é intenso, as bolhas de lavar explodem e a intensidade do calor é quase insuportável. Por baixo dos pés à lava recente vai partindo que nos leva a uma sensação de insegurança assustadora”, afirmou.

Vulcão atrai centenas de visitantes todos os anos – Foto: Richard Thehiker/Divulgação/NDVulcão atrai centenas de visitantes todos os anos – Foto: Richard Thehiker/Divulgação/ND

Monte Huashan

O Monte Huashan, está localizado na China, tem cerca de dois mil metros de altura e está na lista de um dos lugares mais perigosos para se aventurar do mundo. O local possui uma longa história de importância religiosa para os nativos.

A trilha é realizada por escadas escavadas nas pedras, subidas na vertical, plataformas feitas somente por tábuas simples presas à pedra, e tudo isso, á uma altura aterrorizante.

Passagem oferece grandes perigos, devido a sua estrutura frágil e altura aterrorizante - Divulgação/ND
1 2
Passagem oferece grandes perigos, devido a sua estrutura frágil e altura aterrorizante - Divulgação/ND
Trilha, na China, é uma das atrações turísticas mais perigosas - Divulgação/ND
2 2
Trilha, na China, é uma das atrações turísticas mais perigosas - Divulgação/ND

Capital das mordidas de tubarão no mundo

A praia de New Smyrna, na Flórida, é um dos maiores destinos de surf dos EUA (Estados Unidos da América), mas também é conhecida como uma das praias mais perigosas do mundo pela grande presença de tubarões.

O local é possui sinalização quanto aos perigos dos tubarões, apesar disso, a praia já registrou o maior número de ataques de tubarões a humanos de toda a história.

Americano flagrou um tubarão ao fotografar turista – Foto: Kem McNair/ Divulgação/NDAmericano flagrou um tubarão ao fotografar turista – Foto: Kem McNair/ Divulgação/ND

Balanço “do fim do mundo”

O balanço “do fim do mundo”, como é conhecido, fica em Baños de Agua Santa, no Equador. Ele oferece uma vista privilegiada do vulcão Tungurahua, também chamado de “gigante negro”. Situado em uma casa na árvore a 2.600 m do nível do mar, ele fica na beira de um precipício.

Local é popularmente conhecido como “Balanço do Fim do Mundo” – Foto: Divulgação/NDLocal é popularmente conhecido como “Balanço do Fim do Mundo” – Foto: Divulgação/ND
+

Turismo

Loading...