Rota de Férias

Blog prático para viajantes! Roteiros de viagens e dicas de passeios no Brasil e no mundo, de acordo com o número de dias de estadia e com indicação de especialistas em turismo.


Malas de viagem grandes, pequenas, média… Como escolher e organizá-las

Muitas pessoas têm dúvidas a respeito de qual é a melhor escolha na hora de viajar: malas de viagem grandes, médias ou pequenas. Essa questão tornou-se ainda mais pertinente depois que as companhias aéreas brasileiras passaram a cobrar taxas extras para o despacho de bagagens – algo que, inclusive, é bastante comum no exterior.

Reserva de hotéis no Booking. Confira aqui as melhores opções no Brasil e no mundo.

A verdade é que a resposta para essa questão depende muito do destino e, principalmente, do perfil do viajante. Alguns preferem sair de casa com muitos itens, para que nada falte durante os passeios e os looks variem ao longo dos dias. Outros optam por carregar menos peso ou guardar espaço para adquirir produtos durante a viagem. Seja como for, obter dicas para arrumar as malas é algo que costuma contribuir para uma estadia mais tranquila, independentemente se você está se deslocando a trabalho ou a passeio.

Quais malas de viagem eu devo escolher?

Caso esteja viajando pela primeira vez para fora do país, por exemplo, investir em um kit de mala de viagem pode ser uma boa pedida. Os conjuntos costumam vir com bagagens de três tamanhos diferentes: malas de viagem grandes, malas de viagem médias e malas de viagem pequenas.

Vai viajar de avião? Pesquise aqui as melhores opções de passagens aéreas.

Tipos de malas de viagem: vantagens e desvantagens

  • Malas de viagem grandes

Em roteiros mais longos, de duas ou mais semanas, as malas de viagem grandes podem ser uma boa pedida. No entanto, é preciso considerar todo o trajeto. Se você vai se deslocar muito, por exemplo, quanto menor for o utensílio, mais prático será o seu dia a dia.

Se a viagem for de avião, vale saber que modelos maiores e acima de 10 kg precisam ser despachados. Além disso, é sempre bom tomar cuidado com o excesso de peso. Afinal, não é nada legal ser surpreendido no aeroporto com taxas extras de despacho ou ainda, ao retornar ao Brasil, descobrir que comprou tantos produtos que acabou estourando a cota de entrada liberada para quem chega do exterior.

Pacotes de viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros. Garanta o seu aqui.

Para quem vai à Europa, é muito comum pegar trens, que geralmente não se preocupam com o peso das malas dos passageiros. Entretanto, nem sempre o acesso às plataformas, inclusive dos metrôs, é simples. Subir e descer escadas com  malas grandes pode ser um grande problema. Andar com elas em horários de rush, idem.

Nos cruzeiros, por sua vez, é mais fácil usar malas de viagem grandes. Isso porque as companhias marítimas são bastante flexíveis em relação ao peso e você não precisará carregar a bagagem durante grande parte da viagem. O mesmo vale para quem viaja de carro, cujo único limite é o espaço no bagageiro.

Aluguel de carro mais barato? Clique aqui para encontrar os melhores preços.

  • Malas de viagem médias

As malas de viagem médias costumam contemplar o necessário para roteiros de sete a dez dias, por exemplo. Práticas, elas oferecem o tamanho necessário para as roupas básicas e são mais simples de serem carregadas em ambientes pouco acessíveis.

Vale lembrar que, em muitos destinos, você encontra tudo que precisa, como supermercados, lojas e farmácias. Assim, não precisa se preocupar em todos os detalhes necessários ao longo do passeio. Isso muda de cenário caso vá viajar para ambientes isolados, com pouco acesso a compras.

Uma boa dica é, antes de sair de casa, consultar os preços cobrados pelas lavanderias dos hotéis em que irá se hospedar. Assim, pode levar menos roupas e usá-las sempre limpas. Caso alugue uma casa, como as oferecidas em plataformas como o Booking, veja se o local conta com máquina de lavar e ferro de passar, o que também pode ajudar bastante.

Reserve tours, ingressos e transfers com antecedência e pague parcelado e em real.

  • Malas de viagem pequenas

Caso a viagem seja curta, nem pense duas vezes. Saia de casa com malas de viagem de bordo, a fim de se deslocar com  mais facilidade. Com projetos cada vez mais inteligentes, elas costumam contemplar o suficiente para viagens de fim de semana ou mesmo um pouco mais longa, caso seja econômico com os assessórios.

LEIA MAIS: VIAGEM PARA A PRAIA: SAIBA O QUE NÃO PODE FALTAR NA MALA
30 FRASES SOBRE VIAJAR PARA QUEM NÃO VÊ A HORA DE FAZER AS MALAS

Lembre-se que três ou quatro peças podem formar diferentes looks, o que pode ajudar na hora de ganhar espaço nas malas de viagem pequenas. Esse tipo de modelo também é ideal para não pagar taxas de despacho no aeroporto.

Caso o espaço das malas de bordo seja limitado para o seu estilo, o ideal é fazer rolinhos com as peças de roupa. Utilize o espaço de dentro dos calçados para levar itens menores, como potinhos (comuns para higiene pessoal) e saquinhos com brincos, anéis e colares. Vale destacar que as bolsas feitas com materiais flexíveis facilitam a vida de quem quer encaixar mais peças dentro da mala.

Seguro viagem prático e eficiente – Ganhe 5% de desconto ao usar o cupom ROTADEFERIAS5 na caixa “Cupom de desconto” da Seguros Promo.

  • Malas de viagem de mão

Nunca viaje sem uma mala de mão, como uma bolsa, pasta ou até mesmo uma necessaire. Afinal, é nela que você pode guardar documentos, joias e outros itens de valor. Caso o passeio seja mais longo, com deslocamento de avião ou navio, por exemplo, considere levar uma troca de roupa nessa bagagem. Objetos de higiene pessoal também podem ser colocados aqui, sempre respeitando as regras, por exemplo, de viagens aéreas, que proíbem o transporte de grandes quantidades de líquidos a bordo.

Utensílios e acessórios como carregador de celular e secador de cabelo também podem ser transportados na bagagem de mão. Entretanto, lembre de verificar a voltagem antes de plugar os aparelhos na tomada. Muitos são bivolt, mas nem sempre compatíveis com os formatos de tomada usados fora do Brasil.

Clique neste link para comprar chip viagem internacional. Use o cupom rotadeferias na Viaje Conectado para ganhar até 10% de desconto e acessar a internet do mundo inteiro.

Tipos de malas de viagem

Tecido, couro e plásticos são os materiais mais comuns para fabricação de malas de viagem. A grande diferença entre eles é a resistência. Durabilidade e proteção dos itens internos também mudam de acordo com a matéria-prima base da peça.

A mala de viagem rígida costuma ser feita de Acrilonitrila Butadieno Estireno (ABS) – um tipo de termoplástico que dá resistência à peça e conserva a leveza. Normalmente, os modelos são vendidos com cadeados integrados e telinhas internas, que servem para colocar itens menores.

Na hora de comprar malas de viagem, consulte plataformas online, como a Amazon. Para quem vai aos Estados Unidos, sempre vale a pena consultar destinos como o Walmart, cujos pedidos podem ser feitos pela internet e entregues no hotel.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

COMO NÓS VIAJAMOS

Na hora de planejar o roteiro, não deixe de checar todos os detalhes antes mesmo de fazer as malas de viagem. Aqui, você encontra as dicas da nossa equipe para comprar passagens aéreas mais baratas, alugar carros e reservar hotéis, bem como passeios, transfers e ingressos para eventos, com mais comodidade.

Lembre-se que uma viagem para o exterior requer cuidados extras. Ficar de olho nas dicas de viajantes experientes a respeito de seguro viagem e chip de viagem internacional, por exemplo, é fundamental para melhorar a experiência fora do país tanto quanto a escolha das malas de viagem.