Morro Boa Vista terá acesso pavimentado e parque para visitantes em Jaraguá do Sul

Projeto prevê a implantação de quatro mirantes, estacionamento, seis refúgios ao longo da estrada, calçadas e escadaria, em uma área total de 10.500 m²

Parque do Morro Boa Vista – Foto: Picasa/NDParque do Morro Boa Vista – Foto: Picasa/ND

Uma demanda histórica da comunidade e dos praticantes de voo livre, o Parque do Morro Boa Vista avançou mais um passo para se tornar realidade nessa semana. A prefeitura assinou e encaminhou o projeto de lei que propõe a criação da estrutura em um dos principais pontos turísticos de Jaraguá do Sul e região. Foi ainda assinada, no dia 8 desse mês, a ordem de serviço para a pavimentação em concreto armado da JGS 453 – Hilda Spézia – no bairro Boa Vista.

Prefeitur de Jaraguá do Sul assina o projeto de lei que propõe a criação da estrutura em um dos principais pontos turísticos de Jaraguá do Sul e região – Foto: Prefeitura Municipal de Jaraguá do SulPrefeitur de Jaraguá do Sul assina o projeto de lei que propõe a criação da estrutura em um dos principais pontos turísticos de Jaraguá do Sul e região – Foto: Prefeitura Municipal de Jaraguá do Sul

De acordo com a prefeitura, o projeto de pavimentação do acesso e estudo urbanístico para a instituição do parque foi elaborado pela Amvali (Associação dos Municípios do Vale do Itapocu) e a equipe de engenharia e arquitetura da entidade estudou locais estratégicos para a construção de mirantes ao longo do trecho.

A associação explica ainda que, devido à complexidade da obra, considerando a dificuldade de acesso aos caminhões e serviços de execução, o traçado segue, na maior parte, o alinhamento existente, de forma a evitar excessivos volumes de cortes, aterros e contenções, proporcionando uma geometria dentro dos parâmetros de segurança, conforto e economia.

Além de quatro mirantes, o projeto também contempla o cálculo estrutural de contenção, um estacionamento, seis refúgios ao longo da estrada, calçadas e escadaria, em uma área total de 10.500 m². Desde 1981, todos os anos são realizados campeonatos regionais, estaduais e brasileiros de parapente e asa delta no Morro da Antena que é, atualmente, um dos pontos mais conhecidos do Brasil.

Além de quatro mirantes, o projeto também contempla o cálculo estrutural de contenção, um estacionamento, seis refúgios ao longo da estrada, calçadas e escadaria, em uma área total de 10.500 m² – Foto: Prefeitura Municipal de Jaraguá do SulAlém de quatro mirantes, o projeto também contempla o cálculo estrutural de contenção, um estacionamento, seis refúgios ao longo da estrada, calçadas e escadaria, em uma área total de 10.500 m² – Foto: Prefeitura Municipal de Jaraguá do Sul

O prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli, ressalta a importância das obras.“É um orgulho e o resultado do empenho da nossa administração. Este local já é o segundo ponto turístico mais visitado em Santa Catarina, então, é uma grande obra, estamos investindo e fomentando cada vez mais o turismo na cidade”, destacou.

A iniciativa também oferecerá uma estrutura adequada à população e visitantes de que procuram conhecer o Morro da Antena e ter uma visão diferente da cidade, acrescenta o secretário de Obras e Serviços Públicos do município, Otoniel da Silva.

Segundo ponto turístico mais visitado em Santa Catarina – Foto: Prefeitura Municipal de Jaraguá do SulSegundo ponto turístico mais visitado em Santa Catarina – Foto: Prefeitura Municipal de Jaraguá do Sul

“Esta é uma via de importante ligação, de um ponto turístico muito conhecido e muito importante para toda a região, que vai proporcionar a acessibilidade para chegar naquele local e melhores condições de atendimento e recepção para as pessoas”, destaca.

Área de utilidade pública

A prefeitura de Jaraguá do Sul informa também que em 2021, após o relatório e parecer final do CIGAMVALI (Consórcio Intermunicipal de Gestão Pública do Vale do Itapocu) sobre Estudos de Mobilidade do Morro, que buscou localizar área de interesse público, induzir a organização do condomínio das antenas, concessão de uso da rampa de voo livre e organização de acesso e mobilidade, a área de 231.542,78m2 foi declarada como de utilidade pública.

Isto significa, segundo o município, que a área passa a ser protegida, preservada e ter o aprimoramento dos recursos naturais nela contidos, além da implantação racional de projetos turísticos, paisagísticos e de lazer, com ou sem exploração econômica.

Também terá a regulamentação do uso para instalação e manutenção de antenas receptoras, transmissoras ou repetidoras e equipamentos acessórios, compatibilizando-os com o ecossistema local e objetivando o melhor aproveitamento, utilização ou produtividade das mesmas em benefício da coletividade.

Crescimento para o trade turístico

Empresários e praticantes de voo livre também ressaltam a importância da iniciativa para o município. “Esta obra e a criação do parque vão possibilitar um aumento de atividades destes esportes, o que representará crescimento para todo o trade turístico. Afinal uma montanha que nasceu com o nome Morro da Boa Vista já mostrava o seu potencial desde os primórdios”, enfatiza Ary Carlos Pradi, sócio fundador Sol Paragliders e ex-presidente do Jaraguá Clube de Voo Livre.

Empresários e praticantes de voo livre ressaltam a importância da iniciativa para o município – Foto: Prefeitura Municipal de Jaraguá do SulEmpresários e praticantes de voo livre ressaltam a importância da iniciativa para o município – Foto: Prefeitura Municipal de Jaraguá do Sul

Ele lembra que o voo livre começou a ser praticado na cidade em 1979. “Desde o início já se vislumbrou muito mais do que simplesmente o voo livre, o morro da Antena tinha potencial para ser um dos grandes atrativos do turismo da região”, conta. Ele diz ainda que nos anos de 1986 e 1987 foram feitas sondagens para a instalação de um bondinho, inclusive com a visita de um técnico da Áustria ao local.

“Em 1989 e 1990 foram feitos os primeiros programas pensando no voo livre, na ecologia, na educação ambiental, em trilhas de caminhadas e bicicleta, chamado projeto 3P (três picos). Nessa iniciativa, já se falava na criação de um parque, no entanto poucas obras foram feitas desde então.

Em 1986 e 1987 foram pavimentados pequenos trechos nas áreas mais difíceis de se acessar e todo esforço era para a manutenção. Com a construção da Chiesetta Alpina há dez anos e depois a pavimentação até esse local já houve um grande fluxo de turistas e o ponto se tornou uma das principais atrações da região. Essa obra, que será feita agora, transcende uma gestão pública e isto é importantíssimo. Estes frutos serão colhidos por décadas”, analisa.

Pavimentação do acesso ao morro

A pavimentação do acesso ao Morro da Antena também é aguardada há muitos anos pelo setor, pela comunidade e pelos turistas, que ainda encontram dificuldades para conhecer o ponto turístico.

A prefeitura explica que a extensão da obra de pavimentação é de 1.672 metros (percurso da Chiesetta Alpina até o topo onde ficam as antenas de transmissão e telecomunicação).

A extensão da obra de pavimentação é de 1.672 metros (percurso da Chiesetta Alpina até o topo onde ficam as antenas de transmissão e telecomunicação) – Foto: Prefeitura Municipal de Jaraguá do SulA extensão da obra de pavimentação é de 1.672 metros (percurso da Chiesetta Alpina até o topo onde ficam as antenas de transmissão e telecomunicação) – Foto: Prefeitura Municipal de Jaraguá do Sul

A empresa vencedora da licitação para os serviços, a Fortunato Ltda., será responsável pelas obras de engenharia, mão de obra, terraplenagem, drenagem pluvial, sinalização viária e trabalhos complementares. O valor global da proposta é de pouco mais de R$ 2,8 milhões. O projeto conta ainda com recursos de emenda parlamentar do deputado Carlos Chiodini, no valor de R$ 1 milhão. O município fornecerá o aporte para o restante dos serviços.

Chiodini destaca que a pavimentação do trecho é um sonho antigo. “Vamos promover o turismo, o esporte e o lazer e não vamos parar por aqui. Temos que comemorar este momento e já pensar em outros investimentos”, afirma.

Sobre o Morro da Antena

Localizado na margem direita do Rio Jaraguá, o Morro Boa Vista possui três picos, com denominações distintas: Morro das Antenas com 896m de altura, Morro do Meio com 824m e o Pico Jaraguá com 926m. Ao cume do Morro das Antenas, é possível chegar de automóvel – recomenda-se utilizar veículos 4X4.

É possível chegar ao Morro das Antenas de automóvel – recomenda-se utilizar veículos 4X4 – Foto: Prefeitura Municipal de Jaraguá do SulÉ possível chegar ao Morro das Antenas de automóvel – recomenda-se utilizar veículos 4X4 – Foto: Prefeitura Municipal de Jaraguá do Sul

O acesso tem início na Rua Domingos Rosa, no bairro Ilha da Figueira, e da metade da subida em diante a inclinação da estrada chega a 45º em alguns pontos; o trajeto, de aproximadamente 7 km, tem pavimento de concreto até a Chiesetta Alpina.

No alto do morro foi construída, na década de 1980, uma rampa de voo livre utilizada para decolagens de parapente e de asa delta. Considerada uma referência pelos praticantes destes esportes, é palco de competições estaduais e nacionais.

O local não tem hoje infraestrutura de sanitários, locais para pegar água potável ou qualquer tipo de comércio, por isso, recomenda-se que o visitante leve água e alimentos. A passagem pela fazenda é liberada diariamente das 6 às 18 horas, sem necessidade de autorização.

+

Prefeitura de Jaraguá do Sul

Loading...