Números do turismo em 2021 já superam os de 2019 e de 2020 pré-pandemia em SC; veja

Movimentação no Terminal Rodoviário Rita Maria, em Florianópolis, indica como as viagens devem crescer no verão

Cerca de cem mil pessoas circularam pelo Terminal Rodoviário Rita Maria, em Florianópolis, do dia 15 de dezembro até esta quarta-feira (29). O número extrapola o de 2019, antes da pandemia, período de boa movimentação. Esse é um indicativo de como as viagens devem crescer nesta temporada.

Temporada de verão inicia com alto número de viagens a SC – Foto: Leo Munhoz/NDTemporada de verão inicia com alto número de viagens a SC – Foto: Leo Munhoz/ND

Já pode ser considerada uma grande recuperação uma vez que, de dezembro de 2020 a fevereiro deste ano, foram registrados apenas 273.794 passageiros, segundo a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade de Santa Catarina.

A projeção é que 585.614 turistas passem pelo terminal até o final de fevereiro, na alta temporada. No mesmo período em 2019/2020, foram contabilizados 682.591 passageiros.

Ainda segundo a pasta, do dia 15 a 28 de dezembro, 5.380 ônibus passaram pela rodoviária da Capital. No entanto, o terminal ainda não recebe viagens internacionais devido à pandemia. Assim, os números são relacionados ao transporte intermunicipal e interestadual.

Já o Aeroporto Internacional de Florianópolis recuperou 98% do movimento de voos em comparação com o mesmo período de 2019. Da última segunda (27) até o dia 3 de janeiro, será uma média de 94 voos por dia.

Família paulista aproveita mares catarinenses – Foto: Leo Munhoz/NDFamília paulista aproveita mares catarinenses – Foto: Leo Munhoz/ND

A projeção é que a próxima segunda (3) seja o dia de maior número de voos no período, com 110 decolagens, incluindo domésticos e internacionais.

“Florianópolis está operando uma malha aérea nunca antes registrada, nem antes da pandemia. Serão 24 destinos domésticos e quatro internacionais (Buenos Aires, Córdoba, Paraguai e Santiago do Chile)”, destaca a assessoria do Floripa Airport.

Os aeroportos com mais voos são os de São Paulo e os do Rio de Janeiro, mas não é possível afirmar que a maioria dos turistas é paulista ou carioca, porque esses são os aeroportos onde ocorre a maioria das conexões.

O novo aeroporto da Capital tem capacidade para receber 8 milhões de passageiros por ano, exatamente o dobro que recebia antes da pandemia. Então, “há estrutura confortável para receber os passageiros previstos na alta temporada”, ressalta o Floripa Airport.

No desembarque internacional, a Anvisa realiza o controle da certificação de vacina e/ou teste negativo da Covid-19. Além disso, protocolos de combate à pandemia são seguidos “à risca”, como distanciamento, máscara e ampla oferta de álcool gel, reforça a administração do aeroporto.

Mudança no perfil dos turistas

A temporada de verão será voltada ao turismo interno, o que altera o perfil das dos viajantes, afirma o presidente da Santur, Renê Menezes.

“Os turistas que tinham previsão de viajar para fora do país acabam viajando internamente. Consequentemente o ticket médio, o perfil do turista muda. Turistas com poder aquisitivo mais alto”, explica.

Os Estados onde Santa Catarina investe em promoção do turismo são Minas Gerais, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul, além da região Nordeste. Dessa forma, o público é diversificado em cada período, mas no próximo Réveillon, o público deve ser mais jovem, em busca de festas para celebrar a virada do ano.

Como constatou a reportagem do ND+ nesta terça-feira (28), o que chama atenção nas praias de Florianópolis é a presença de placas de veículos de outros Estados e poucas de países vizinhos como Argentina, Uruguai e Chile. Os turistas de São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul predominam à beira-mar nesta primeira semana de verão.

+

Turismo

Loading...