O que fazer em Balneário Camboriú: saiba as atrações que a cidade oferece

Das praias ao contato com a adrenalina e diversão, o que não falta em Balneário Camboriú são opções para agradar a todos os gostos e perfis de turistas

A cidade está a 85 quilômetros de Florianópolis. 

A cidade é pequena, mas tem alma de grande. Mais famoso destino turístico do litoral catarinense, Balneário Camboriú é uma mistura bem dosada entre o estilo “pé na areia” e a aura cosmopolita, retratada em restaurantes internacionais, marinas renomadas e alguns dos prédios mais altos e sofisticados do Brasil. 

Praia Central – Foto: Heitor PergherPraia Central – Foto: Heitor Pergher

Os bons números do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) também colaboram nesta leitura. Ou seja, a cidade possui boa longevidade, elevados índices de educação e PIB per capita, ficando na sétima colocação entre as 50 principais cidades brasileiras. Não é por acaso que a cidade foi eleita como município com melhor qualidade de vida do litoral catarinense, ficando atrás apenas de Florianópolis. 

Na orla da cidade, faz parte do cotidiano de moradores e turistas o jogo de bocha, de damão, xadrez e carteado, além dos esportes em equipe como o vôlei e o futebol de praia ao final da tarde. A praia de charme carioca (aqui também tem bondinho, Cristo e calçadão da Avenida Atlântica), tem nada menos que oito quilômetros de faixa de areia na Praia Central para colocar a cadeira, abrir o guarda-sol e aproveitar a vida. 

Aos que preferem movimentar-se, a dica é alugar uma bicicleta e percorrer a praia na ciclofaixa que margeia a Praia Central da Barra Sul ao Pontal Norte. Além disso, atrações com diversão para toda a família podem ser encontradas no contato com a natureza e no Parque Unipraias

Passarela da Barra

Projetada para se transformar em mais um equipamento turístico de Balneário Camboriú, a Passarela da Barra sobre o Rio Camboriú tem 25 metros de altura e 190 metros de comprimento. A estrutura de concreto une a Barra Sul, onde estão alguns dos mais ousados condomínios verticais da cidade, e o Bairro da Barra, berço de pescadores artesanais e onde tudo começou. 

Passarela da Barra – Foto: iStock/DivulgaçãoPassarela da Barra – Foto: iStock/Divulgação

O lugar é o portal da Rodovia Interpraias, que leva às praias agrestes de Balneário Camboriú. Na margem direita do rio, barcos de madeira usados pelos nativos para a pesca de camarão geram um contraste curioso com o lado oposto do leito, tomado por iates e lanchas de passeio guardadas em uma das marinas mais modernas do Brasil. A passarela também facilita a travessia dos moradores da região sul do município, que antes utilizavam uma pequena balsa para atravessar o Rio Camboriú ou faziam uso da BR-101. 

Perto dali está um dos lugares mais frequentados pelas famílias com crianças pequenas. Túneis, tobogãs, escorregadores, passarelas, balanços e cordas compõem o parquinho infantil do molhe da Barra Sul. Ao redor do equipamento colorido, partes de barcos de madeira imitam embarcações naufragadas na beira da praia. O local também conta com infraestrutura de quiosques e bancos para os pais descansarem. Certeza de pura diversão.

 Parque Unipraias

Parque Unipraias – Foto: iStock/DivulgaçãoParque Unipraias – Foto: iStock/Divulgação

Famoso bondinho de Balneário Camboriú, o Parque Unipraias é programa obrigatório para quem visita a cidade pela primeira vez. As 47 cabines suspensas em cabos a 240 metros de altura interligam três estações: Barra Sul, Mata Atlântica e Praia de Laranjeiras. No topo do Morro da Aguada há trilhas, mirantes, lanchonetes e outras atrações. Uma delas é o Zip Rider, uma tirolesa de 750 metros que leva o visitante desde o Morro da Aguada até Laranjeiras. 

Outra é o Yahoo, um trenó de montanha que corta a mata a uma velocidade de até 60 km/h. A mais recente novidade do equipamento é o Trem da Fantástica Floresta. A locomotiva e os três vagões transportam 14 passageiros suspensos a cerca de três metros, contemplando pontos de visitação como a Casa do Chocolate e o mirante Laranjeiras sob um novo ângulo. 

Natureza

 Há quase duas décadas, a cidade conta também com um espaço de verde e muito ar puro: o Parque Natural Raimundo Gonçalez Malta, no bairro dos Municípios. O endereço contém trilhas ecológicas, hortas, viveiros, jardim e labirinto de árvores. Para quem curte trilhas e caminhadas em meio à natureza, uma das opções é o deck do Pontal Norte, na Praia Central, em um caminho sobre o costão. 

Com 500 metros de extensão, o deck liga a ponta esquerda da praia mais conhecida da cidade às praias do Canto e do Buraco. De um lado, a Mata Atlântica com sua flora e fauna; de outro, o mar e a bela paisagem da orla com seus prédios. Ao longo do deck, mirantes, bancos e escadas dão acesso à faixa de areia. No meio, a pequena Praia do Canto é considerada um recanto tranquilo ao lado da movimentada Praia Central. No lado oposto da cidade, o quebra-mar localizado no canto Sul é um dos locais mais frequentados de Balneário Camboriú.

Explore mais conteúdos da cidade