Para todos os estilos: saiba onde se hospedar em Florianópolis

Com opções para todos os estilos e orçamentos, escolher onde se hospedar em Florianópolis não é tão simples, por isso saiba qual a melhor região para o que você deseja

Depois de definir o destino da viagem e como chegar até o local desejado, a grande missão é escolher onde ficar. No caso da capital catarinense essa é a chamada “dor de cabeça boa”, pois são tantas opções para se hospedar em Florianópolis que às vezes fica difícil decidir o local.

Tudo depende do seu objetivo e expectativas para a viagem. Prefere calma e contato com a natureza? Boa localização e facilidade para ir a outros pontos da cidade? Conforto e luxo? Ou praia com boa estrutura?

Tranquilidade, agito, luxo, praticidade Florianópolis possui opções de hospedagem para todos os perfis – Foto: Getty Images/iStockphoto/NDTranquilidade, agito, luxo, praticidade Florianópolis possui opções de hospedagem para todos os perfis – Foto: Getty Images/iStockphoto/ND

São perguntas que podem ajudar a escolher melhor, pois todas têm opção em Florianópolis como veremos agora.

Estrutura hoteleira na praia e no Centro

Partindo para os hotéis estruturados e de luxo, tudo depende do seu orçamento. O Norte da Ilha tradicionalmente possui uma rede hoteleira forte com diversas opções, todas muito visadas ao longo da temporada. Se for para falar de luxo, Jurerê Internacional e o já citado Santinho possuem alguns dos grandes nomes de hotéis do país.

Turistas poderão desfrutar ainda da excelente infraestrutura dos hotéis em Jurerê Internacional – Foto: Divulgação/NDTuristas poderão desfrutar ainda da excelente infraestrutura dos hotéis em Jurerê Internacional – Foto: Divulgação/ND

Porém, Ingleses e Canasvieiras são os dois maiores bairros da região com muitos serviços à disposição e uma rede de hotéis que atende a vários bolsos e tudo próximos do mar. Não à toa são um reduto de turistas sul-americanos e conhecidas internacionalmente, além de receber grandes eventos ao longo do ano todo.

Já se a preferência é pela localização, proximidade de todas as regiões da cidade, ter os mais variados serviços próximo, os hotéis na região central são a grande pedida. Hotéis estruturados com boa variedade de preço. O destaque vai para os locais de luxo como Beira-Mar, Centro da cidade e Prainha, com espaços grandes os quais pode-se passar o dia todo.

No Norte da Ilha, Canasvieiras é uma das praias mais conhecidas e frequentadas de Florianópolis  – Foto: Anderson Coelho/Arquivo/NDNo Norte da Ilha, Canasvieiras é uma das praias mais conhecidas e frequentadas de Florianópolis  – Foto: Anderson Coelho/Arquivo/ND

Para quem quer um bom e prático lugar para ficar, ainda na Ilha temos os bairros próximos das universidades UFSC e Udesc, como Trindade, Saco dos Limões, Itacorubi, entre outros. E se você prefere ficar na região continental, com fácil acesso aos municípios da Grande Florianópolis e também das Pontes de acesso à Ilha, as opções são Coqueiros e Balneário do Estreito, na Capital, assim como a vizinha São José.

Tranquilidade com praticidade

Se você gosta de tranquilidade, mas prefere não abre mão de ficar perto de bons serviços como mercado, farmácia, restaurante, entre outros, há diversos lugares na Ilha para você. Uma boa opção é o Campeche, no Sul da Ilha, que tem a praia de mar aberto mais próxima do Centro.

Isso fez o local crescer muito nas últimas década, mas, por ser uma das maiores em extensão da cidade, sempre há um ponto mais tranquilo para ficar. As opções são hotel, pousadas, casas para alugar e até camping, tudo com boa estrutura. E não muito longe do Campeche, algumas praias da região da Lagoa da Conceição também atendem a esse quesito, como a Barra da Lagoa, Joaquina, Mole e Gravatá.

Os bairros em torno da Lagoa da Conceição unem tranquilidade e praticidade a critério de quem escolher  – Foto: Leo Munhoz/NDOs bairros em torno da Lagoa da Conceição unem tranquilidade e praticidade a critério de quem escolher  – Foto: Leo Munhoz/ND

No Norte da Ilha, um pouco mais afastado dos bairros conhecidos, temos os bairros Lagoinha, Praia Brava, Ponta das Canas e Santinho. Todos estes possuem praias de mar aberto e, por se tratar de uma região muito visitada por turistas, há uma rede hoteleira de alto nível, indo de resorts de luxo a pousadas e locais mais simples para hospedar um bom número de pessoas.

Ainda na região Norte, com menos agito de pessoas e do mar, temos as praias de frente para o continente como Daniela, Sambaqui e Cacupé que também são boas opções a quem quer unir praticidade e calma.

Em busca de natureza

Para ter contato com a natureza, talvez seja melhor se afastar do Centro da cidade e das praias famosas, melhor. Para isso, o Sul da Ilha é sempre uma boa opção, não para hotéis com grande estrutura, mas com diversas de pousadas.

Pântano do Sul é um dos grandes redutos ambientais de Florianópolis, unindo a tradição local e a tranquilidade – Foto: Daniel Queiroz/Arquivo/NDPântano do Sul é um dos grandes redutos ambientais de Florianópolis, unindo a tradição local e a tranquilidade – Foto: Daniel Queiroz/Arquivo/ND

Quanto mais ao sul, mais se encontra espaços do tipo nos bairros do Pântano do Sul, Armação e Morro das Pedras – praias de mar aberto –, ou Ribeirão da Ilha e Caieira da Barra do Sul para quem prefere mar calmo. Nesses lugares, há bastante contato com estilo de vida mais tradicional dos manezinhos, além de serem locais com menos movimento e um estilo mais tranquilo para quem quer apenas descansar.

Porém, não é apenas no Sul que se encontra essas características. Algumas praias do Norte também são bons redutos de tranquilidade, casos do Rio Vermelho e Moçambique, por exemplo, são boas opções para quem quer apenas mar e contato com a natureza.

Explore mais conteúdos da cidade