Pontos turísticos de Balneário Camboriú serão privatizados, entenda

BC Investimentos realizou sondagens de mercado e deve lançar o edital de concessão de três pontos turísticos da cidade nos próximos meses

Três pontos turísticos de Balneário Camboriú devem ser concedidos à iniciativa privada nos próximos meses. A BC Investimentos terminou nesta semana reuniões para as sondagens de mercado para as concessões dos três pontos.

A gestão da Passarela da Barra, o Complexo Turístico do Morro do Careca e o futuro Mercado Público Municipal, deve passar à iniciativa privada por um prazo determinado. A próxima fase do processo será a elaboração dos editais para a abertura do processo licitatório das concessões.

Vista do Morro do Careca, em Balneário Camboriú – Foto: Prefeitura de Balneário Camboriú/DivulgaçãoVista do Morro do Careca, em Balneário Camboriú – Foto: Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação

“Queremos manter esses espaços com as peculiaridades de cada região”, afirma a presidente da BC Investimentos, Maria Pissaia. Segundo ela, os locais não serão privatizados para sempre, e sim por um tempo determinado. Depois deste prazo, a gestão volta para o município.

Propostas

No Morro do Careca, o tradicional voo livre deve ser mantido. Uma das propostas para o espaço é a instalação de um tobogã até a Praia do Buraco.

Outra proposta para o local também inclui um restaurante com vista para Balneário Camboriú e para a Praia Brava, em Itajaí. A estrutura seria suspensa, a alguns metros do chão.

Para a Passarela Manoel Firmino da Rocha, ou Passarela da Barra, que oferece o acesso exclusivo para pedestres e ciclistas da Barra Sul ao Bairro da Barra, cruzando sobre o Rio Camboriú, as propostas incluem um restaurante, museu e Hub de inovação (espaço voltado principalmente para empreendedores).

O local tem mais de 2 mil metros quadrados de área para concessão e espaços livres nas duas extremidades. A Barra Sul, onde fica uma das entradas da passarela, tem inclusive o metro quadrado mais valorizado da cidade.

De acordo com Maria Pissaia, uma das exigências da licitação é que o trânsito de pedestres e turistas pela passarela continue gratuito, mesmo depois da concessão.

Passarela oferece passagem exclusiva para pedestres e ciclistas, entre a Barra Sul e o Bairro da Barra – Foto: Lucas Lages/Prefeitura de Balneário Camboriú/DivulgaçãoPassarela oferece passagem exclusiva para pedestres e ciclistas, entre a Barra Sul e o Bairro da Barra – Foto: Lucas Lages/Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação

Mercado Público

O projeto de um Mercado Público Municipal, no Bairro da Barra, foi aprovado pelo Conselho da Cidade em 2019 e pela Câmara de Vereadores em maio de 2020. A estrutura deve ser erguida ao lado da Praça do Pescador e da Passarela.

O espaço deve ser construído integralmente pela concessionária, que também ficará responsável pela administração da área.

Projeto do Mercado Público da Barra, em Balneário Camboriú - Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação
1 2
Projeto do Mercado Público da Barra, em Balneário Camboriú - Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação
Espaço deve ser construído ao lado da Passarela da Barra - Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação
2 2
Espaço deve ser construído ao lado da Passarela da Barra - Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Turismo

Loading...