Quer se aventurar no rafting? Saiba onde curtir o turismo de aventura em SC

Em Ibirama, no Vale do Itajaí, a cidade é conhecida como Capital Catarinense do Turismo de Aventura com rapel, tirolesa e rafting

Quem busca turismo de aventura não pode deixar de passar por Ibirama, no Vale do Itajaí. Com direito à maior tirolesa urbana do Brasil, que tem 1.050 metros de extensão e passa por cima do Centro, a cidade é conhecida oficialmente como a Capital Catarinense do Turismo de Aventura.

No turismo de aventura, rafting é umas das práticas mais conhecidas de Ibirama – Foto: Rafting Radical/DivulgaçãoNo turismo de aventura, rafting é umas das práticas mais conhecidas de Ibirama – Foto: Rafting Radical/Divulgação

A procura durante a temporada é intensa, então é bom agendar a estadia em uma pousada e marcar as atividades antecipadamente. A cidade tem também alternativas tranquilas, mas ainda assim emocionantes, como caminhadas, rotas de cicloturismo e trilhas.

E para descansar há sempre uma rota ainda mais calma: um bom passeio pelo Centro, com paradas nas lojinhas de artesanato e na Igreja Luterana, o cartão-postal local.

É no Vale de Aventuras que o turista encontra rapel, tirolesa e o emocionante rafting. Essa última, inclusive, é uma das mais procuradas na cidade.

Com estruturas definidas há décadas e muita segurança, o visitante veste o colete, recebe instruções e é acompanhado por um guia, que comanda o bote e coordena a rota pelo rio Itajaí-Açu.

A atividade não exige maestria ou experiência, mas o trabalho em equipe é fundamental. E não importa se dá sol ou chuva: a diversão sempre tem vez, com percursos em afluentes do rio em dias chuvosos.

Há opções para todos os gostos, incluindo percursos mais tranquilos, com três quilômetros de extensão e que duram cerca de uma hora. Os desafios realmente intensos podem chegar a quatro horas de duração em um percurso de 13 quilômetros. É recomendado ir com um tênis que possa molhar, short ou bermuda e camiseta de manga longa.

Explore mais conteúdos da cidade