Serra catarinense já está lotada de turistas esperando a chegada da neve

Os termômetros devem marcar entre 0ºC e -7ºC, chegando a -12ºC nos pontos mais altos do Estado

Com a chuva e o frio, Urubici está com a cara do inverno. O tempo nublado e a queda na temperatura formam a combinação ideal para visitar a Serra catarinense. A professora Edite Rosa e as amigas de Barra velha, no Litoral Norte, foram até a região serrana para conhecer os pontos turísticos. As três sempre viajam juntas, amam o frio e estão curtindo as paisagens de Urubici.

“A gente ama o frio, a gente gosta do frio. Por isso, escolhemos aqui. Os lugares são maravilhosos. A natureza é tudo de bom”, contou Edite.

Turistas no mirante da cidade de Urubici, na Serra catarinense – Foto: Osvaldo Sagaz/NDTuristas no mirante da cidade de Urubici, na Serra catarinense – Foto: Osvaldo Sagaz/ND

A expectativa é que a Serra catarinense registre temperaturas negativas até a próxima semana. Os termômetros devem marcar entre 0ºC e -7ºC, chegando a -12ºC nos pontos mais altos do Estado. Para os meteorologistas, temperaturas tão baixas assim não são registradas há mais de 60 anos. Um frio histórico que mexe com a rede hoteleira e com toda a economia da região.

Urubici tem 5 mil leitos, sendo dois hotéis, 400 pousadas e mais de 200 hospedagens informais. O frio é a alta temporada da região e, quando há possibilidade de temperaturas assim tão baixas e de neve, o número de pessoas na cidade chega a duplicar. Os catarinenses de outros locais do Estado vêm em maior quantidade, seguidos pelo paulistas.

Segundo a secretária de turismo de Urubici, Marines Walkowski, a alta no movimento é esperada: “Consideramos que esse é um momento histórico, muito esperado pelos turistas e até mesmo pelas pessoas que aqui residem. Então, agora a gente tá tomando alguns cuidados, de alertar os nossos visitantes para que venham todos já com reserva”.

Henrique Martins é dono de uma pousada há mais de 20 anos. Há cerca de 5 anos viu Urubici crescer de forma significativa. Durante o inverno, a procura é intensa. Os 60 leitos estão sempre ocupados.

“O segundo período de julho é muito procurado e com a previsão de neve, de frio extremo, a gente acaba já atingindo 100% da capacidade hoteleira e acaba tendo a vinda de pessoas que não têm reserva ou que querem só pegar neve”, contou Martins.

Para quem não reservou hospedagem, agora fica impossível conseguir um lugar. Urubici está com 100% dos leitos ocupados.

Conforme Martins, o turista “pode ligar, mas a resposta vai ser provavelmente que está lotado e não tem vagas, só para o próximo mês”.

Veja a reportagem do Balanço Geral Florianópolis na íntegra!

+

BG Florianópolis

Loading...