Urubici no outono: onde apreciar o pôr do sol na Serra Catarinense?

No Morro do Campestre, Morro do Parapente ou na Pedra do Segredo, Urubici conta com diferentes lugares para aproveitar o contato com a natureza e curtir o pôr no sol no outono; veja como chegar

O outono é uma excelente época do ano para curtir Urubici, na Serra Catarinense, a 170 quilômetros de Florianópolis. É nesta estação, que vai de 20 de março a 21 junho, que as temperaturas começam a baixar, mas ainda com a presença de sol e calor.

Pedra do Segredo – Foto: Jana Scatola/DivulgaçãoPedra do Segredo – Foto: Jana Scatola/Divulgação

Mas atenção: o clima deve se manter assim até o mês de abril. Em maio já é possível que ocorram geadas na região serrana de Santa Catarina, especialmente nos pontos mais altos. Portanto, se você não é da turma do frio intenso, aproveite o próximo mês.

É também nesta estação do ano que é possível desfrutar dos mais bonitos pores do sol em Urubici. No outono (e também no inverno) é mais comum a predominância da massa de ar seco, que afasta as nebulosidades, deixando o céu mais limpo. Fica mais visível o espetáculo do sol colorindo o azul com seu amarelo-alaranjado.

Se você está se programando para curtir Urubici no outono, então, não deixe de incluir na sua rota pelo menos um destes três lugares para curtir o fim de tarde na cidade e contemplar o pôr do sol.

1. Morro do Campestre

Morro do Campestre – Foto: Levi Alves/DivulgaçãoMorro do Campestre – Foto: Levi Alves/Divulgação

É do Morro do Campestre que se tem uma das vistas mais bonitas do Vale do Rio Canoas e do pôr do sol de Urubici, a apenas oito quilômetros do Centro da cidade.

O acesso ao morro passa por uma propriedade particular que oferece aos visitantes opções de lazer, como cestas de piquenique e uma cafeteria com várias opções de lanches e bebidas. Quando se entra na propriedade, todo o caminho até o estacionamento é asfaltado.

O percurso é de cerca de um quilômetro. Para chegar no ponto mais alto do morro é necessário subir uma escadaria de 124 degraus, ou 150 metros. A estrutura tem corrimão dos dois lados.

Pelo caminho há várias molduras para tirar fotos e alguns bancos de contemplação da vista. Para apreciar o pôr do sol no Morro do Campestre é preciso chegar até o morro, mas vale a pena: a vista é deslumbrante!

Horário de funcionamento: a visitação é aberta todos os dias da semana, das 9h às 18h. Já a cafeteria funciona às segundas, quintas e domingos, das 9h às 18h, e às sextas e sábados, das 9h às 20h.

Como chegar: o Morro do Campestre fica a cerca de oito quilômetros do Centro de Urubici. O acesso até lá é pela SC-370, uma estrada de chão de movimento intenso. Do Centro da cidade, pegue à direita no semáforo, sentido Rio Rufino. Siga então pela SC-370. Na bifurcação, pegue à esquerda para chegar ao morro.

Quanto custa: R$ 20 por pessoa (março 2022). Estudantes e pessoas com mais de 60 anos pagam R$10 mediante comprovação. Crianças até 10 anos não pagam.

2. Morro do Parapente

Morro do Parapente – Foto: Morro do Parapente/DivulgaçãoMorro do Parapente – Foto: Morro do Parapente/Divulgação

O Morro do Parapente fica no Centro de Urubici. Do alto se tem vista panorâmica da cidade e do nascer e pôr do sol – até por isso o Parque Morro do Parapente abre às 6h e fecha só às 20h, para contemplar a chegada e a despedida do astro rei.

O espaço conta com nove balanços, posicionados em diferentes pontos de observação da cidade. Para quem quer desfrutar de uma cesta de piquenique personalizada, é possível contratar o serviço previamente e desfrutar das delícias em um espaço reservado.

Mas se o visitante quiser levar seu próprio lanche, o parque conta com um amplo gramado para fazer piquenique em meio à natureza. O espaço também possui uma mini fazendinha com vários animais, uma ótima programação para quem passar pela cidade com crianças.

Para os visitantes que buscam aventura é possível voar de parapente também.

Horário de funcionamento: todos os dias, das 6h às 20h. Como chegar: o acesso ao Morro do Parapente é pela Rua Zeferino Salvador, no Centro de Urubici. A entrada para a estrada que leva ao morro é ao lado da churrascaria Tradição.

São quatro quilômetros de subida, numa estrada não asfaltada. É possível percorrê-la com qualquer veículo, não precisando ser 4×4. O local conta com amplo estacionamento.

Quanto custa: R$ 20 por pessoa. Estudantes e pessoas acima de 60 anos, com comprovante, pagam meia-entrada. Crianças até 10 anos não pagam. O ingresso pode ser comprado diretamente na portaria do parque.

3. Pedra do Segredo

Pedra do Segredo – Foto: Jana Scatola/DivulgaçãoPedra do Segredo – Foto: Jana Scatola/Divulgação

A propriedade que fica no local é bastante recente. O morro está a 1.400 metros de altitude e a sensação é de estar muito próximo do céu. Lá do alto é possível enxergar ao longe a Cascata do Avencal, o Morro da Igreja, a Serra do Panelão e o Centro da cidade.

No local também há três balanços, que rendem boas fotos e um frio na barriga. Os visitantes que quiserem levar lanches para piquenique no local é liberado.

Horário de Funcionamento: todos os dias, das 6h às 19h. Em dias de tempo fechado, o parque pode não abrir.

Onde fica: o parque está a cinco quilômetros do Centro de Urubici. O caminho até lá é pela SC-370, sentido São Joaquim. Passando o posto Lorenzetti, pegue à direita no semáforo.

São cinco quilômetros de estrada até o pegar o caminho até o morro. Essas duas vias são de cascalho e há sinalização indicativa durante todo o caminho até o parque.

Quanto custa: R$ 20. Crianças até 6 anos não pagam.

O que levar na mala para Urubici no outono?

No outono, as temperaturas começam a baixar em Urubici. As mínimas ficam entre 8ºC e 10ºC e as máximas entre 20ºC e 25ºC. Durante o dia o sol aquece o ambiente, mas no amanhecer e no cair da tarde as temperaturas caem bastante, ideal para encerrar o dia tomando uma boa taça de vinho e experimentando o entrevero tão típico da região serrana.

Tenha na mala tanto peças mais leves, como mais pesadas. Vai passear nos pontos turísticos e subir nos morros para ver o pôr do sol? Até pode levar casacos mais pesados, dependendo da hora do dia, mas vá com peças leves por baixo.

A caminhada e a exposição ao sol podem aquecer bem o corpo e fazer suar. Aposte em blusas de manga curta, manga comprida, suéteres, parkas e jaquetas. Para o início da noite, tenha opções de peças mais quentes e até botas. Para quem costuma sentir mais frio, garanta touca e luvas.

Explore mais conteúdos da cidade