Você sabe como as praias de Florianópolis foram descobertas?

Um lugar que tem dezenas de praias e muito mais a oferecer. Descubra toda a riqueza natural, arqueológica e histórica de Florianópolis

Difícil de imaginar que na década de 1960 a maioria dos moradores urbanos de Florianópolis não conhecia as paradisíacas praias da ilha de Santa Catarina. O hábito de ir à praia, iniciado no final da década de 1940, estava restrito aos locais do lado continental da cidade. As demais praias possuíam estradas de difícil acesso ou apenas trilhas em meio a mata. 

Barra da Lagoa, em Florianópolis – Foto: iStock/DivulgaçãoBarra da Lagoa, em Florianópolis – Foto: iStock/Divulgação

Assim, localidade como Barra da Lagoa, por exemplo, era um privilégio da comunidade de pescadores. A partir, principalmente, da década de 1970, com a abertura de rodovias e novos acessos, é que muitas das praias começaram a ser exploradas.

Já o boom do turismo ocorreu na década de 1980, quando a região foi literalmente invadida por argentinos. Desde então, Florianópolis figura entre os principais destinos turísticos do Brasil, com a população mais do que triplicando no verão. 

Muitas praias se transformam em verdadeiros balneários. A ilha tem um litoral com quase 175 quilômetros de comprimento, com relevo bastante acidentado, oferecendo dezenas de praias para todos os gostos e paisagens entre as mais belas do litoral catarinense.

Praia da Daniela – Foto: Marcos CamposPraia da Daniela – Foto: Marcos Campos

Tem mar calmo, como a Praia da Daniela, muito procurado por famílias com crianças, mas também têm várias praias com boas ondas para o surf, como a Praia da Joaquina e Praia do Mole. Tem praia agreste com acesso somente por trilha, como a Praia da Lagoinha do Leste, também existem as belas Lagoa da Conceição e Lagoa do Peri.

 Para aproveitar toda a beleza da ilha de Santa Catarina é preciso estar atento a outros aspectos que vão enriquecer seus passeios. Ao circular pela ilha não deixe de observar com mais atenção toda a riqueza da natureza oferecida por uma vistosa Mata Atlântica, composta por florestas que cobrem os morros, mangues, restingas, banhados e dunas. A natureza na ilha é rica em ambientes e também na sua fauna e flora. As paisagens deslumbrantes das praias ficam ainda mais interessantes nos seus detalhes.

Explore mais conteúdos da cidade