Carlos Alberto Silva, o “homem do chifre”, morre em Barra Velha

Conhecido por usar um megafone para fazer propagandas no comércio central de Florianópolis e Balneário Camboriú, Carlos lutava contra um câncer de pulmão

O “homem do megafone”, ou o “homem do chifre”, como era chamado Carlos Alberto Silva, que fazia propagandas de lojas no Centro de Florianópolis e no calçadão comercial de Balneário Camboriú morreu nesta quarta-feira (20) em uma instituição de geriatria, em Barra Velha, onde estava internado. Ele tinha 73 anos e lutava contra um câncer no pulmão.

Carlos Alberto usava fantasias e tinha como marca característica o seu equipamento de trabalho, um megafone, que utilizava para anunciar as publicidades do comércio, principalmente na região do Centro. Até esta publicação nenhum familiar ou responsável legal fez o reconhecimento do corpo. Caso isso não ocorra, ele será enterrado como indigente.

+

TV

Loading...

Carlos Alberto Silva, o “homem do chifre”, morre em Barra Velha

Conhecido por usar um megafone para fazer propagandas no comércio central de Florianópolis e Balneário Camboriú, Carlos lutava contra um câncer de pulmão

O “homem do megafone”, ou o “homem do chifre”, como era chamado Carlos Alberto Silva, que fazia propagandas de lojas no Centro de Florianópolis e no calçadão comercial de Balneário Camboriú morreu nesta quarta-feira (20) em uma instituição de geriatria, em Barra Velha, onde estava internado. Ele tinha 73 anos e lutava contra um câncer no pulmão.

Carlos Alberto usava fantasias e tinha como marca característica o seu equipamento de trabalho, um megafone, que utilizava para anunciar as publicidades do comércio, principalmente na região do Centro. Até esta publicação nenhum familiar ou responsável legal fez o reconhecimento do corpo. Caso isso não ocorra, ele será enterrado como indigente.

Leia mais:
>> Coluna do Carlos Damião: O triste fim de Carlos Alberto, o divertido “homem do chifre”

Numa esquina da cidade, registro de 28 de junho de 2006 - Carlos Damião
Numa esquina da cidade, registro de 28 de junho de 2006 – Carlos Damião

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Notícias

Loading...