Conheça Dayane Mello, a joinvilense finalista de reality na Itália

Modelo de 32 anos e natural da cidade do Norte catarinense, Dayane ganhou os holofotes ao participar da atual edição do Gran Fratello

Linda, bela, carismática e que já acumula milhares de seguidores. Esta é a modelo catarinense Dayane Mello, de 32 anos, uma das finalistas do reality show italiano Gran Fratello VIP, e que vem chamando a atenção não só dos brasileiros, mas também de quem mora no país europeu.

Conheça Dayane Mello A bela catarinense Dayane Mello é modelo de sucesso na Itália – Foto: Divulgação/ND

Mas engana-se quem pensa que a trajetória de Dayane começou só agora. A sua história tem início em 1989, quando nasceu em Joinville, no Norte de Santa Catarina. Após viver um tempo com a mãe, ela acabou se mudando com 5 anos para Lontras, município localizado no Alto Vale do Itajaí.

Foi na cidade de pouco mais de 12.315 habitantes que Dayane deu seus primeiros passos na carreira de modelo. Vonei Mello, pai dela, conta que desde pequena ela tinha o sonho de brilhar nas passarelas.

“Este sempre foi o sonho dela. Quando ela tinha uns 10 anos ela já dizia que queria ser modelo. E a partir daí, tudo ela fez por conta, sempre metendo a cara para ir atrás do que ela queria. Ela tem uma personalidade muito forte e sempre brigou para conseguir o que queria”, conta.

Dayane é uma das finalistas do Gran Fratello VIP – Foto: Reprodução/InstagramDayane é uma das finalistas do Gran Fratello VIP – Foto: Reprodução/Instagram

Do interior de SC para os holofotes internacionais

Mas a carreira de Dayane só começou mesmo na metade de 2005, após ela se inscrever em um concurso de modelos de uma emissora de TV local. Ao fim, ela acabou em terceiro lugar e, com isso, ganhou um passe para uma agência de modelos no Chile.

Com a autorização do pai e as malas prontas, a jovem de apenas 16 anos partiu rumo ao país, onde deu seus primeiros passos no universo da moda.

“Desde que começou ela sempre teve muito sucesso. Ela trabalhava mais como modelo de revista do que nas passarelas. Neste meio tempo, ela fazia alguns trabalhos na Itália e voltava para o Chile. Foi quando em 2014 ela se mudou de vez para lá [Itália]”, afirma Vonei.

E foi no país europeu que ela criou raízes. Atualmente, ela mora junto com a filha italiana, Sofia, de 6 anos, na cidade de Lago Dicomo, que fica próximo a Milão, onde trabalha.

Além disso, ela conta com a ajuda do irmão, Juliano Mello, que agencia a carreira da modelo.

No ensaio com a filha, a modelo mostra que mesmo com o ar materno mantém sua marca : a sensualidade – Foto: Divulgação/NDNo ensaio com a filha, a modelo mostra que mesmo com o ar materno mantém sua marca : a sensualidade – Foto: Divulgação/ND

As polêmicas do Gran Fratello

Dayane começou a ganhar notoriedade em terras brasileiras após as polêmicas envolvendo sua participação no Gran Fratello. Durante o reality, ela foi vítima de comentários machistas e xenofóbicos.

Além disso, o público italiano tem acusado os brasileiros de interferirem na votação do programa, já que a modelo voltou de vários paredões. Mesmo com isso, o pai acredita que a participação veio em um bom momento.

“Eu acredito que veio no momento certo da carreira dela. O reality vai abrir muitas portas, não só na Itália, mas aqui no Brasil também. Estamos todos na torcida”, reafirma.

Sobre a repercussão na cidade, Vonei alega que está todo mundo torcendo pela vitória da catarinense: “a repercussão aqui foi ótima, todo mundo comenta com a gente e pergunta sobre ela. O púbico brasileiro acolheu muito a Dayane e isso traz um sentimento muito bom”.

Dayane gerou uma série de polêmicas durante sua participação no programa – Foto: Instagram/ReproduçãoDayane gerou uma série de polêmicas durante sua participação no programa – Foto: Instagram/Reprodução

Joinvilense está na final do reality

Na última semana, Dayane se tornou uma das finalistas do Gran Fratello. O vídeo que mostra o anúncio já conta com mais de 94 mil visualizações em uma rede social.

A grande final está marcada para acontecer no fim do mês. Devido a pandemia, o pai não deve acompanhar o resultado presencialmente, mas estará na torcida.

“Ainda não sabemos quando vamos ver ela, se vamos para lá ou se ela vem para cá depois do fim do reality. Mas estamos na torcida para ela leve o prêmio”, diz.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

TV

Loading...