Fã diz que Samantha Schmütz não deixa Paulo Gustavo descansar e atriz se revolta

Desde a morte do humorista, atriz tem se mostrado engajada no combate à pandemia da Covid-19; Tatá Werneck também se envolveu em discussão

Samantha Schmütz mostrou, nesta segunda-feira (31), que recebeu uma mensagem que não lhe agradou no Instagram. Uma seguidora acusou a atriz de não estar permitindo o descanso do espírito de Paulo Gustavo,  vítima da Covid-19 no início de maio.

Samantha Schmutz e Paulo Gustavo – Foto: Redes Sociais/Reprodução/NDSamantha Schmutz e Paulo Gustavo – Foto: Redes Sociais/Reprodução/ND

“Meu amor, eu entendo que o luto não é fácil, mas você não está deixando o espírito de Paulo descansar”, disse a fã. Samantha respondeu na sequência. “Tem falado com ele?”, questionou, em tom de ironia.

Desde o falecimento do humorista, a atriz tem se mostrado engajada politicamente no combate à pandemia da Covid-19. No último sábado (29), inclusive, participou de manifestação contra o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em São Paulo.

Recentemente, ela refletiu sobre o papel que os artistas têm no atual contexto, como porta-vozes da sociedade.

“Eu, Luto. ‘O dever de um artista, no que me diz respeito, é refletir os tempos. Acho que isso é verdade para pintores, escultores, poetas, músicos. No que me diz respeito, a escolha é deles, mas eu escolho refletir os tempos e situações em que me encontro. Isso, para mim, é meu dever”, disse.

Tatá Werneck se envolve em discussão

A atriz Tatá Werneck também se envolveu em uma discussão por causa de Paulo Gustavo. Ela saiu em defesa de Juliana Amaral, irmã de Paulo Gustavo, que foi chamada de “alienada” por uma mulher ao criticar o presidente Jair Bolsonaro. A irmã do comediante recusou as lamentações do chefe de estado pela morte do comediante.

“Vai tomar no seu cu”, disparou a humorista nas redes sociais.

Em 29 de maio, Juliana publicou em seu perfil no Instagram uma foto da tatuagem que fez em homenagem ao filho de Déa Lúcia e escreveu na legenda um recado contundente a Jair Bolsonaro.

Ela disse que ficou sabendo que o presidente fez um post em que prestava condolências pela morte do humorista e deu uma resposta raivosa. A produtora acusou o político de carregar nas costas quase 500 mil mortes de brasileiros por Covid-19, incluindo seu irmão.

+

TV