Gênesis é vice-líder em audiência com até 7 pontos de vantagem

Superprodução da Record TV conseguiu o dobro de audiência do concorrente em São Paulo, e diferença foi ainda maior no RJ; confira o resumo desta semana

A superprodução Gênesis, que entrou na sua quarta fase no fim da última semana, garantiu mais uma vez a vice-liderança isolada em audiência.

Em São Paulo, na última sexta-feira (5) a novela da Record TV conseguiu o dobro de audiência em relação ao terceiro colocado. No Rio de Janeiro, a diferença foi de sete pontos.

Cena da novela GênesisCena que vai ao ar nesta segunda-feira (8) em Gênesis; superprodução garantiu a vice-liderança isolada em audiência na última semana – Foto: RecordTV/Divulgação/ND

No ar das 21h às 21h50, a trama registrou, em SP, o dobro da audiência da emissora terceira colocada e fechou com o placar de 12 x 6 pontos.

O pico foi de 13 pontos e share de 17%.

Já no Rio de Janeiro, a vantagem foi ainda maior: o folhetim da Record TV alcançou 13 pontos de média, pico de 14 pontos e share de 18%. A emissora em terceiro lugar marcou média de 6 pontos.

Confira os resumos dos capítulos desta semana em Gênesis:

Segunda-feira (8)

Nadi pede para Guemecha vigiar Terá e Amat. Adiel vê Terá sendo perseguido. Na forma de homem, Lúcifer aconselha Terá a roubar a confiança de Nordick. Terá vai ao encontro do ermitão.

O rei Ibbi-Sim deixa claro seu interesse por Nadi. Nidana descobre que Terá enterrou a estatueta dada pela sacerdotisa.

Terá engana Nordick e ganha sua confiança. Eles são observados pelos homens de Abisali. O rei se encanta com a dança de Nadi. Terá consegue a receita dos queijos de Nordick.

A rainha Enlila diz a Kissare que não quer o rei se deitando com Nadi. Nidana delata Terá para Morabi. Na volta para Ur, Terá é atacado pelos homens de Abisali.

Terça-feira (9)

Terá fala com os homens de Abisali sobre a importância do que está trazendo. Amat é levada por Morabi. Kissare começa a julgar Amat e é interrompido por Nadi.

Terá chega com as cabras de Nordick. Ele assume a culpa por ter enterrado o ídolo dado por Nadi. Terá precisa provar que conseguiu a receita.

Terá começa a passar a receita dos queijos. Kissare comprova que Terá conseguiu a receita e avisa que ele ganhará uma casa em Ur.

Quarta-feira (10)

Amat fica preocupada. A rainha Enlila fica satisfeita ao saber do interesse de Nadi por Terá. Amat não gosta do comportamento de Terá em relação aos ídolos. Ele é observado por Deus.

Ibbi-Sim e Enlila ficam satisfeitos ao experimentarem a receita do queijo. Terá diz que o filho que Amat espera se chamará Abrão.

O rei ordena que Terá seja escoltado para trazer os animais ao templo. Morabi e Abisali tramam contra Terá. Kissare entrega três estatuetas para Terá.

Quinta-feira (11)

Amat não gosta da visita de Nadi. Nidana e Bila tramam contra Amat. Nadi repreende Bila. Abisali e Morabi armam contra Amat e Terá.

Terá parte com a caravana sob o olhar do povo. Amat se assusta ao receber um rato morto. Nadi é escolhida para se deitar com o rei. Abisali se revolta ao saber que seu homem falhou no plano contra Terá.

Em conversa com a rainha, Nadi confessa que não tem interesse no rei e sim em Terá. Enlila promete ajudá-la. Amat e Iafa são atacadas pelas mulheres do acampamento.

Terá se preocupa com a briga entre Lugali e Gurik. Nidana cobra Abisali, que a ameaça. Lugali conversa com Terá e revela o motivo da briga com Gurik. Enlila e Kala, as esposas do rei, brigam.

O tempo passa e a caravana de Terá avança no horizonte. Morabi e Abisali conversam sobre o homem que se infiltrou na caravana. Gurik se aproxima de Terá com a espada.

Sexta-feira (12)

Guri se desculpa com Terá. Amat e Iafa são atacadas. Nadi se revolta com o ataque à Amat. Nidana é firme com o marido. Danina se irrita ao saber da mudança de Nidana. Lugali inventa desculpa para não ser descoberto.

Ele é observado por Lúcifer. Irritado, o rei Ibbi-Sim se arruma para a cerimônia. Iafa explica para Amat o que é o ritual de humilhação ao rei, enquanto Ibbi-Sim sofre na mão do sumo–sacerdote.

Lamassi alerta Terá sobre Lugali. Danina diz desconfiar de Nidana. Ibbi-Sim retorna do ritual, irritado e com o rosto vermelho. Terá prospera nos negócios e se prepara para a volta a Ur.

Danina briga com Nidana. Hasabia separa a briga e deixa Nidana na saia justa. A rainha Enlila faz uma encomenda a uma feiticeira. Sorrateiro e armado, Lugali invade a tenda de Terá.

A novela Gênesis é escrita por Camilo Pellegrini, Raphaela Castro e Stephanie Ribeiro e tem direção-geral de Edgard Miranda. A trama vai ao ar de segunda a sexta, às 21 horas, logo após o Jornal da Record.

+

Novela Gênesis