Após ser baleado no Rio, integrante do Amor e Sexo tem parte do intestino retirada

Segundo mulher de Bruno Soares, o Borat, assistente de palco passou por uma colectomia, está estável e sem previsão de alta

Após ter sido baleado por um policial militar durante uma discussão de trânsito no Rio de Janeiro, o assistente de palco do programa Amor e Sexo, Bruno Soares Miranda, conhecido como Borat, passou por uma cirurgia para retirada de parte do intestino.

Borat, como era conhecido, foi baleado após uma briga de trânsito – Foto: Instagram/ReproduçãoDe acordo com o boletim de evolução médica divulgado nesta quinta-feira (26), o ator passou por uma colectomia, procedimento que retirou parte do órgão para, em seguida restabelecer o pedaço do intestino em uma espécie de emenda. Bruno está em dieta zero por conta da cirurgia e, apesar de estável, não tem previsão de alta.

Em entrevista para a Época, a esposa do modelo e médica, Mariana Melgaço, disse que conversou com ele por cerca de cinco minutos após a cirurgia a qual foi submetido para retirada do projétil, na quarta-feira (25). Na conversa, Bruno disse que sabia quem tinha atirado nele e perguntou se podiam ir para casa.

“Falou que só escutou o barulho do disparo e sentiu a dor. Fui eu que contei que havia sido um policial, e ele disse: ‘Não sabia, eu estava do outro lado da calçada. Só escutei um disparo de revólver e senti a dor’”, contou Mariana.

Ele também não sabia, até o momento, que havia operado o intestino e que parte do fígado foi atingido.

“O Bruno tem um certo pânico de hospital. Tentei acalmá-lo, falei que a gente precisava dele bem, que ia precisar ficar um tempo internado para se recuperar. Ele estava achando que já ia poder vir para casa, queria ir embora”, completou.

+

TV