Nutricionista de Bruna Marquezine revela segredos da dieta que secou atriz

Patricia Davidson também zela pelo shape de outras grandes celebridades, como Marina Ruy Barbosa, Sabrina Sato e Paolla Oliveira

Você pode não conhecer Patricia Davidson, mas de certo admira o corpo de pelos menos uma das pacientes da nutricionista funcional. A especialista carioca zela pela saúde e boa forma de diversas celebridades, entre elas, Marina Ruy Barbosa, Thaila Ayala, Fiorella Mattheis, Sabrina Sato, Paolla Oliveira e Fátima Bernardes.

As informações são do Portal Metrópoles, parceiro do ND Mais.

Bruna Marquezine – Foto: Reprodução/Instagram

A de maior notoriedade, talvez, seja Bruna Marquezine. Patricia, aliás, é uma das grandes responsáveis pela drástica mudança corporal da atriz. A estrela da TV Globo começou a frequentar o consultório da profissional no Rio de Janeiro (ela também tem um espaço em São Paulo) em 2015 e, agora, não apenas realiza trabalhos como modelo internacional, mas se diz mais feliz do que nunca com o shape, bem mas sequinho que anteriormente.

A nutricionista revela que o grande segredo da dieta de Marquezine é a flexibilidade. “A alimentação da Bruna é bem individualizada, de acordo com as necessidades dela no momento”, diz a especialista, com exclusividade ao Metrópoles. Ou seja, a alimentação da atriz não é estática, muito menos cansativa. Muda quando surge uma viagem ou um novo trabalho.

“Mas, no geral, a alimentação dela é muito rica em legumes, verduras e sementes. Também incluímos aminoácidos essenciais para atender a sua demanda proteica. Tudo é pensado para que ela consiga executar com facilidade em meio à rotina agitada”, afirma a profissional.

Além de energia para enfrentar longas jornadas de trabalho, Bruna precisa de gás para realizar os treinos intensos sugeridos por seu personal trainer, Chico Salgado. Por isso, a dieta dela também é composta por boas fontes de gordura, como leite de coco, abacate e oleaginosas, geralmente incluídas em lanches rápidos e fáceis de carregar para todo lugar.

Chocolate 70% e frutas com menos carboidrato, como as vermelhas, também são liberados pela “nutri”. Já comidas industrializadas e frituras, como em qualquer reeducação alimentar, devem ser evitadas.

Patricia ainda costuma indicar a suas pacientes receitas detox, como suco verde e creme de gengibre, poderoso termogênico.

Abaixo, confira um pouco mais do bate-papo com a requisitada nutricionista!

1. Se você pudesse dar três dicas para quem deseja emagrecer de maneira definitiva, quais seriam?

Dormir bem, ter uma alimentação saudável, beber uma quantidade adequada de água e, darei mais uma, praticar exercícios físicos.

O sono é fundamental para regular nossos hormônios, controlar o apetite, o humor, a perda de peso e o ganho de massa muscular.

A alimentação deve ser sempre o mais natural possível, com legumes, frutas, verduras e grãos. Também é importante fazer as escolha dos alimentos de maneira individualizada, ou seja, identificando o que inflama seu organismo e atrapalha seu processo de emagrecimento.

A água ajuda no funcionamento do metabolismo, limpeza do organismo e eliminação de toxinas. Já o exercício físico, no estímulo do metabolismo, além de controlar a parte hormonal envolvida na perda de peso.

2. Na sua opinião, quais são os maiores vilões da boa forma?

De maneira geral, açúcar refinado, farináceos, frituras, industrializados e tudo que for consumido em excesso.

Ainda falo muito nas minhas consultas e ensino em meus cursos sobre alimentos inflamatórios e intolerâncias alimentares que podem se manifestar através de diferentes sintomas. O consumo de comidas maléficas assim pode levar o paciente a sentir mais fome, ter compulsão alimentar, reter líquido e apresentar alterações hormonais prejudiciais para o emagrecimento.

3. Você fala muito sobre jejum intermitente nas redes sociais [ela tem um perfil de Instagram bombado, com mais 600 mil seguidores]. Acredita que a prática seja realmente revolucionária? Quem pode e não pode se render a essa estratégia alimentar?


Com certeza é uma estratégia supereficiente para melhorar a composição corporal. Ela estimula a perda de gordura e traz inúmeros benefícios ao corpo. É capaz de eliminar células ruins, desintoxicar o organismo, aumentar a energia, melhorar o desempenho cognitivo, controlar a glicemia e modular a insulina.

O jejum é, sim, uma excelente prática, mas desse ser supervisionado de perto por nutricionistas.

+

TV