Participantes precisam preparar pratos orientais no Top Chef Brasil desta quarta-feira

A disputa no Desafio de Eliminação emociona os jurados da competição. É a partir das 22h30, na Record TV

A saída de Rafael Terrassi no segundo episódio do Top Chef, exibido na quarta-feira passada (22), mostrou que qualquer descuido pode significar a eliminação precoce na competição.

Pensando nisso, os 12 participantes que continuam no reality show comandado por Felipe Bronze vão dobrar a atenção para permanecerem na disputa pelo prêmio de R$ 300 mil.

Chef Murakami ensina algumas dicas para os participantes do reality show da Record TV – Foto: Helena Wolfenson/Record TV

No terceiro episódio, que vai ao ar nesta quarta-feira (29), eles vão se dividir em duplas no Teste de Fogo. E, ao longo de quatro rodadas, precisarão mostrar habilidade, técnica e agilidade para cortar cebolinha, decorar cogumelos, fazer tsuma de pepino e limar e filetar peixe.

A cada prova, a última dupla a completar a tarefa é desclassificada e vai direto para o Desafio de Eliminação.

Na última etapa, as duas duplas restantes se enfrentam para preparar um prato oriental, sob o olhar atento do premiado chef Murakami, convidado da atração. A dupla vencedora ganha imunidade.

No Desafio de Eliminação, ainda divididos em duplas, as mesmas do Teste de Fogo, os competidores precisam apresentar dois pratos orientais, sendo um frio e o outro quente.

A dupla que mostrar o pior prato duela entre si. A prova será disputadíssima, e nem mesmo o apresentador, Felipe Bronze, e os jurados, Emmanuel Bassoleil e Ailin Aleixo, conseguem segurar a emoção.

Vale lembrar que o paranaense César Scolari, por ter feito o melhor prato do Desafio de Eliminação do segundo episódio, tem a Faca de Ouro da semana, cujo poder pode ser determinante para os rumos da competição.

E a convivência na casa, onde os participantes estão confinados, fica cada vez mais complicada, com a formação de grupos e o ego mais inflamado: tanto que a baiana Taty Albano chama a carioca Lara Carolina para tirar satisfação em relação a algumas atitudes no programa.

Sobre o programa

O Top Chef reúne 14 cozinheiros de olho no prêmio de R$ 300 mil e no título de o mais novo Top Chef Brasil.

Serão, ao todo, 12 episódios, sempre exibidos às quartas-feiras, que, além de mostrarem toda a habilidade e o jogo de cintura dos competidores na cozinha, vão exibir a convivência deles na mansão Top Chef.

Aliás, o dia a dia desses cozinheiros nesta casa vai ser ainda mais explorado na segunda temporada.

Será que eles levarão a disputa para os momentos de descanso ou conseguirão deixar a pressão presente na competição no fogão?

Em cada episódio, são disputadas duas provas. No Teste de Fogo, os cozinheiros se enfrentam, em grupo ou individualmente, para garantir uma vantagem, que pode ser até mesmo uma imunidade.

O Desafio de Eliminação é a última oportunidade para garantir a continuidade ou não de um participante no jogo.

Uma diferença em relação à primeira temporada é que o vencedor da prova do Desafio de Eliminação ganha a Faca de Ouro, um poder extra especial já a partir do próximo episódio, fato que pode ser crucial no jogo. Quem for eliminado arruma as facas e volta para casa.

As gravações da segunda temporada do Top Chef tiveram início em março deste ano, mas precisaram ser interrompidas devido à pandemia do coronavírus e à necessidade do isolamento social.

O reality show voltou a ser gravado a partir do dia 25 de julho. Os participantes, que são os mesmos selecionados daquele período, passaram por todos os protocolos de segurança para voltarem à disputa, não só no cenário da cozinha como no confinamento do programa.

Criado nos Estados Unidos em 2006, o Top Chef já foi adaptado para mais de 20 países, incluindo França, Itália, Portugal, Espanha, Holanda, Canadá e México, entre outros.

Trata-se de um formato original da Bravo Media LLC, distribuído pela NBC Universal. No Brasil, a Floresta é a licenciante e a produtora do programa baseado no formato de sucesso.

O Top Chef vai ao ar às quartas-feiras, às 22h30, com direção do núcleo de realities de Rodrigo Carelli e direção-geral de Chica Barros.

+

TV