Série da NDTV sobre Anita Garibaldi será exibida em Israel

Série documental produzida pela NDTV e o Instituto Cultural Anita Garibaldi, será exibida na programação especial da Record TV Internacional

A série “Anita: Amor, Luta e Liberade”, produzida pela NDTV em parceria com o Instituto Cultural Anita Garibaldi, ganhará novos públicos a partir do dia 20 de dezembro. Gravada no Brasil e na Itália, a produção chega como especial de Natal da Record TV Internacional em Israel.

No Brasil, documentário estreou em 28 de agosto de 2021 – Foto: Reprodução/NDTVNo Brasil, documentário estreou em 28 de agosto de 2021 – Foto: Reprodução/NDTV

Com capítulos que irão ao ar em dois dias, sendo 20 e 21 de dezembro, às 22h do horário estrangeiro, a série celebra o bicentenário da chamada “heroína dos dois mundos”, que lutou pela República e por ideais de liberdade ao lado de Giuseppi Garibaldi.

Anita Garibaldi sob os holofotes

A história retratada na série é contada sob a ótica da própria personagem, baseada em suas lembranças deixadas em cartas e manuscritos. A produção mistura as linguagens ficcional e jornalística. O projeto surgiu pelo argumento do diretor regional do Grupo ND em Florianópolis, Roberto Bertolin.

Ainda dentro da produção, a jornalista e cineasta Isabela Hoffmann assinou o projeto e esteve à frente dos 17 dias de gravações em Santa Catarina e também na Itália. “Esse documentário apresenta Anita de uma forma como nunca foi apresentada antes: a mulher por trás da heroína”, destaca.

Foram cinco meses de produção, sendo três dedicados a pesquisas e elaboração de roteiro e mais dois meses de pré-produção. Depois, vieram as gravações, edição e finalização. No Brasil, série estreou em agosto de 2021.

Afinal, quem foi Anita?

Nascida em Laguna, no dia 30 de agosto de 1821, Anita deixou a cidade catarinense aos 18 anos e morreu aos 27, na Itália, grávida do quinto filho, em 4 de agosto de 1848.

Semianalfabeta e obrigada a casar aos 14 anos com um sapateiro bem mais velho, ela conheceu o amor nos braços de Giuseppe Garibaldi. Por isso, deixou Laguna e foi lutar pela República.

História do casal é tradicional, principalmente, no Sul do Brasil – Foto: Divulgação/NDHistória do casal é tradicional, principalmente, no Sul do Brasil – Foto: Divulgação/ND

Grande parte de sua história se passou no Uruguai, um dos períodos mais longos em que ela esteve longe dos campos de batalha. Foi em Montevidéu, em 1842, que Anita se casou com Garibaldi e onde passaram um período de extrema pobreza.

Lá, ela ainda viveu o sofrimento de perder a filha Rosita, de 2 anos. Durante os 6 anos em que viveu em Montevidéu, Anita aprendeu sobre cultura, literatura e outros idiomas.

+

TV

Loading...