Crítica: com noção de que tudo termina, ‘This Is Us’ entrega arco emocionante no ano final

Com 18 episódios, sexta temporada mexe ainda mais com as emoções do público e dá última pincelada na trajetória da família Pearson

Contém spoilers do final da série!

A sexta temporada do seriado norte-americano “This Is Us”, lançada recentemente na plataforma de streaming Star+, encerrou o primeiro ciclo da família Pearson, que vinha sendo contado desde 2016 pelo canal NBC.

Final comovente encerrou trajetória dos irmãos Pearson – Foto: @nbcthisisus/Instagram/Reprodução/NDFinal comovente encerrou trajetória dos irmãos Pearson – Foto: @nbcthisisus/Instagram/Reprodução/ND

Apesar de ter chegado ao fim para os telespectadores, o drama criado por Dan Fogelman nunca terá um final propriamente dito. Digo isso porque, assim como pontuado por Randall no último episódio da série, é engraçado perceber como funciona a dualidade de cada momento.

Enquanto ele, junto de seus irmãos Kate e Kevin, estavam ao lado de Rebecca em seu leito de morte, a poucos passos de distância era possível enxergar seus descendentes conversando. Geração após geração, as famílias se reinventam e dão início a novas histórias ainda não contadas.

E essa é exatamente a moral que podemos tirar de todo o arco de “This Is Us”: a vida segue.

Tudo chega ao fim

Não importa se o caminho será fácil ou não, e nem mesmo se ele será trilhado ao lado de amigos e entes queridos. Assim como a metáfora para o que há após a morte, utilizada pelos roteiristas da série, o trem segue adiante, independente do quanto você aproveitou a viagem.

Esse pode ser, inclusive, um dos motivos pelo qual quem assiste a “This Is Us” derrame algumas boas lágrimas em praticamente todos os episódios. O roteiro não mede esforços nas analogias e consegue fazer com que você repense – ou até mesmo reviva – partes de sua trajetória.

Mesmo com alguns clichês muito bem elaborados, o seriado consegue distinguir-se de outros por utilizar simples momentos do dia a dia, como uma ida ao parque, que eventualmente irá se tornar uma tradição familiar, para cativar a atenção do público.

Daí vem o brilhantismo do seriado. Em 106 episódios, divididos em seis temporadas, somos acolhidos junto aos Pearson. Compartilhamos ao lado deles cada conquista. Ficamos de luto por Jack. Rimos com as piadas infames. Sentimos no peito as dores e os amores dos personagens.

Inclusive, todos os assuntos sensíveis da trama, como o abandono, o racismo e a adoção, são tratados na mesma balança, recebendo a atenção devida e permeando a trajetória daqueles que estão envolvidos, sem nunca transbordar ou aumentar suas proporções.

Não é fácil conquistar algo assim, muito menos criar uma narrativa tão envolvente a ponto de ficarmos com um vazio logo após a cena final. Mas assim como relembra William, se algo o deixa triste quando acaba, é porque foi maravilhoso e muito emocionante enquanto acontecia.

De fato, os últimos seis anos foram ainda melhores por ter tido a chance de acompanhar “This Is Us” e entender que nossas famílias – tenham elas qual estrutura for – são nossos maiores alicerces, independente de nossas escolhas e de onde estivermos.

Assista ao trailer da sexta temporada de “This Is Us”:

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Diversa+ na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Séries

Loading...