VÍDEO: Cadela conta “1,2,3” com latidos em SC e surpreende

Kimba tem nove anos e virou sensação em Concórdia, no Oeste do Estado

A vira-lata Kimba, de nove anos, virou sensação na cidade de Concórdia, no Oeste de Santa Catarina. Aos quatro anos, a cadela aprendeu uma habilidade atípica: contar números em latidos.

Cadela conta 1,2,3′ em latidos em SC e surpreende – Foto: Arquivo pessoal/ND

O tutor da cadela e servidor público, Ademilson Barreiros da Silva, de 58 anos, conta que ela obedece aos comandos dele e responde em latidos. Um vídeo enviado para um amigo mostra a habilidade de Kimba. (Assista abaixo)

A vira-lata aprendeu a latir até o número seis, um trabalho que levou anos. Barreiros comenta que para isso precisou ensinar a pequena a interagir aos sinais e repetir os números várias vezes. “O segredo é confiança, persistência, persistência e repetição”, diz.

Admilson, que tem três cães, lembra que foi desafiado por um amigo a ensinar Kimba. “Eu tinha a Toostsye, que ensinei a latir contando em número, mas ela faleceu. Depois adotei a Kimba, que é mais agitada, e um amigo me desafiou a ensinar ela a contar os números em latidos”, explica o tutor que trabalha com comportamento canino.

Superação

Kimba tem uma história de superação. Logo após o nascimento, a cadela foi abandonada com a mãe e outros filhotes no leito do Rio Queimados, que corta o município, em novembro de 2011. Foi resgatada por profissionais de uma ONG e depois adotada por Admilson, quando tinha 60 dias de vida.

Ela foi resgatada no Rio Queimados – Foto: Arquivo pessoal/ND

+

TV