Whindersson Nunes e catarinense Maria Lina tatuam homenagens ao filho

'Uma semana do dia mais feliz da minha vida. E amanhã, uma semana do dia mais triste da minha vida', escreveu Maria Lina, de Blumenau

Maria Lina, noiva de Whindersson Nunes, usou as redes sociais para falar sobre a morte do filho, João Miguel, que nasceu prematuro no dia 29 de maio, mas não resistiu. A estudante mostrou as tatuagens que os dois fizeram em homenagem ao pequeno e postou um texto emocionado, que marca uma semana do nascimento e morte do criança.

Whindersson Nunes e a catarinense Maria Lina – Foto: Arquivo pessoal/divulgação/NDWhindersson Nunes e a catarinense Maria Lina – Foto: Arquivo pessoal/divulgação/ND

“Uma semana do dia mais feliz da minha vida. E amanhã, uma semana do dia mais triste da minha vida. Meu filho, não tem uma hora que eu não pense em você. Não tem um segundo sequer que eu não sinta sua falta, lembro do seu rostinho todos os dias da hora que acordo a hora que vou dormir”, publicou, no Instagram.

“Você vai pra sempre ser o maior amor que já senti na vida. Foram as melhores 30 horas da minha história. Ser sua mãe foi e é um privilégio. Quem não amaria ser mãe de um ser tão puro, tão lindo, um anjo? Você só nos trouxe felicidade, amor, pureza, alegria. Sua partida é dolorosa, mas sua marca nas nossas vidas é só felicidade. Papai e mamãe te amam mais que tudo nessa vida”, completou.

Morre João Miguel

João Miguel morreu no dia 31 de maio após nascer prematuramente no último sábado (29). “A assessoria de imprensa de Whindersson Nunes informa com tristeza o falecimento de seu filho, João Miguel, na madrugada desta segunda-feira (31). Fruto da união com Maria Lina, o bebê que nasceu de forma prematura, com 22 semanas, não resistiu”, informou.

+

TV