Cobertura retrátil do Mercado Público de Florianópolis está sem uso por falta de manutenção

Balanço Geral Florianópolis

De segunda a sábado, às 11h50

Inaugurado em 2016, o telhado retrátil do Mercado Público de Florianópolis, que é uma das principais atrações turísticas da cidade, está sem uso por falta de manutenção.

A colocação da cobertura, que é toda automatizada e deveria abrir e fechar conforme dados de uma estação meteorológica, que controla a intensidade do vento, a temperatura e a quantidade de chuva no local, foi projetado através de um concurso público. O investimento foi de R$ 4,2 milhões.

Leia também:

Porém, por nunca ter recebido manutenção, o telhado apresentou problemas no sistema de abre e fecha, por conta da sujeira que se acumulou na estrutura. Com a falta de cobertura os comerciantes do Mercado reclamam que acabam tendo prejuízos por ser um local abafado e quente.

O MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) abriu um inquérito para acompanhar o caso e cobrar soluções. O promotor de justiça, Daniel Paladino, afirma que foi cobrado da Defesa Civil uma perícia que ficou pronta na semana passada, e revelou que não houve manutenção no local.

A Prefeitura informou em nota que está pesquisando uma empresa especializada em realizar este tipo de manutenção, para poder lançar uma licitação, na modalidade menor preço.

Mais conteúdo sobre

Mais vídeos