“É um fenômeno comum, mas difícil de ser testemunhado”, diz astrônomo sobre ‘meteoro’ na Capital

Balanço Geral Florianópolis

De segunda a sábado, às 11h50

O ‘clarão misterioso’ que apareceu neste domingo chamou a atenção dos moradores do Estado. O ocorrido foi um fenômeno em uma proporção na qual ninguém está acostumado a presenciar.

De acordo com o astrônomo, Adolfo Stoltz Neto, o incidente foi algo “comum”, porém é raro de ser presenciado. “Por noite, caem de 20 a 50 toneladas de detritos provenientes do espaço. Esses materiais são restos das caudas de cometas”, explica.

Ainda segundo Neto, se o vídeo e as testemunhas forem verdadeiras, esse objeto era grande o suficiente para provocar uma explosão maior que o comum.

Mais vídeos