Equoterapia auxilia na inclusão e empoderamento dos portadores de Síndrome de Down

Balanço Geral Florianópolis

De segunda a sábado, às 11h50

De acordo com os dados do último senso, o Brasil possui mais de 45 milhões de pessoas com deficiência, mas, no mercado de trabalho essa população representa apenas 0,9% do total de carteiras assinadas. Isso acontece apesar da lei, que exige que empresas com mais de 100 funcionários reservem até 5% das vagas para pessoas com algum tipo de deficiência.

Apesar deste quadro estar mudando, a transição é lenta. Por isso, é necessário que exista um ambiente de inclusão e empoderamento para os portadores de síndrome de down, estimulando a indepêndencia, para que eles possam retomar o espaço que é deles, em todas as áreas da sociedade.

A equoterapia, método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo para estimular o desenvolvimento da mente e do corpo, pode ajudar nesse processo. As aulas ajudam o aluno a desenvolver a autoconfiança e a autoestima, fazendo com que a pessoa com síndrome de down tenha estímulos.

Mais vídeos