Fila de espera para atendimento socioeducativo de menores infratores zera em SC

Balanço Geral Florianópolis

De segunda a sábado, às 11h50

A fila de espera para atendimento socioeducativo de menores infratores de Santa Catarina zerou, todos os adolescentes que estavam aguardando vagas, foram chamados para receber as medidas.

A falta de estrutura familiar e a ilusão de dinheiro fácil, são alguns dos fatores que levam adolescentes para a vida no crime. Para combater este quadro, o Estado possuí locais de reclusão que aplicam medidas socioeducativas a estes jovens.

Apenas os que cometem delitos graves são detidos, há uma estimativa de que em média, mais de quatro adolescentes são apreendidos por dia em Santa Catarina.

Atualmente, o Estado possui mais de 500 adolescentes cumprindo medidas socioeducativas. Na rotina diária dos centros, os jovens recebem atendimento de saúde e psicossocial, oficinas, atividades de lazer e podem completar os estudos.

Mais vídeos