Funcionárias da rede pública de Florianópolis participam de curso com chef de gastronomia

Balanço Geral Florianópolis

De segunda a sexta, às 12h

Cozinheiras da rede municipal de Florianópolis receberam treinamento com um chef renomado para dar um toque especial nos preparos e aproveitar melhor os alimentos.

O chef Celso Freire define sua cozinha como franco italiana. “Francesa na formação e italiana na família”, explica o profissional. Já a cozinheira Augusta Costa é adepta da polenta com frango ensopado e salada.

Um, é chef renomado no país, ela e a “plateia” são de cozinheiras da rede pública de Florianópolis. Em comum, o amor pela cozinha. As funcionárias saíram do posto de trabalho nesta sexta-feira (28) para receber o curso.

Celso é pioneiro da alta gastronomia do Paraná. Em mais de 30 anos de carreira passou pela embaixada do Brasil na Inglaterra, comandou restaurantes e é professor. Uma biografia repleta de dicas que podem ajudar na cozinha escolar.

“A técnica ajuda muito. Que as escolas invistam, que tenham livros que elas possam ler, possam ver que muitas vezes fazem coisas que já estão nos livros. Aquela dica que possa valorizar o trabalho da cozinheira”, pontua o chef.

O treinamento faz parte da programação de um evento de gastronomia que acontece neste fim de semana em Florianópolis. A ideia é que as práticas que fazem uma cozinha gerida por chefs e cozinheiros profissionais funcionar, possam inspirar o trabalho das cozinheiras. Quem acompanha as tarefas irá dividir o que aprendeu com as mais de 400 profissionais que, todos os dias, alimentam mais de 30 mil crianças.

O desafio maior é a linha tênue entre quantidade e qualidade. A cozinheira Naiane Abraão já trabalhou em restaurante e agora cozinha em uma creche. Segundo ela a quantidade de crianças na creche faz com que o preparo tenha que ser diferenciado.

Das técnicas da cozinha profissional, organização, agilidade e o aproveitamento total dos alimentos para evitar desperdícios. Atenta às dicas de profissionais, as cozinheiras qualificam o trabalho cujo resultado é fundamental para o desenvolvimento de crianças de creches e escolas infantis.

De acordo com a nutricionista Raquel Erdmann, as cozinheiras são orientadas a preparar uma alimentação de qualidade, observando a questão higiênico sanitário e também uma alimentação saborosa para que elas possam gostar realmente da alimentação.

Segredo culinário, não tem. Misturas diárias fazem ingredientes se transformarem em refeições. Inspiração para que elas fiquem cada vez mais saborosas.

Mais conteúdo sobre

Mais vídeos