Novo traçado pode solucionar trânsito do trevo de acesso à BR-282, em Palhoça

Balanço Geral Florianópolis

De segunda a sábado, às 11h50

Todos os dias são filas e mais filas para sair da BR-282 e acessar a BR-101, a rodovia federal que corta na horizontal o Estado de Santa Catarina.

O caminho foi criado pelos tropeiros, para acessar os vilarejos, e acabou se tornando uma estrada de concessão federal. A estrada ainda é a mesma, mas a cidade ao redor acabou crescendo, e ela já não suporta mais a quantidade de carros que passam pelo local, principalmente em horários de pico.

O Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) tem um estudo que visa modificar o traçado da BR-282, para desafogar o trânsito na região. A proposta é desviar o caminho saindo da BR-101 antes do ponto original, passando próximo a Pedra Branca, em Palhoça, chegando na BR-282 em Santo Amaro da Imperatriz. Um desvio que cruzaria pelo Contorno Viário da Grande Florianópolis.

O especialista em gestão e segurança no trânsito, Pedro Paulo da Cruz, explica que para realizar o projeto é necessário que se faça um estudo criterioso em base diária de veículos que passam pelo local, para que se possa fazer a melhor escolha de uma intervenção, e verificar o traçado poderia ser transferido para um lugar onde haja menor população.

O prefeito de Palhoça afirmou que a proposta de um novo traçado é uma boa opção para desafogar o trânsito e melhorar a mobilidade urbana da cidade.

O Dnit prevê licitar no segundo semestre deste ano uma empresa para elaborar um projeto executivo do novo traçado para a BR-282.

Mais conteúdo sobre

Mais vídeos