Safra da Tainha restringe praias para o surfe, em Florianópolis

Balanço Geral Florianópolis

De segunda a sábado, às 11h50

Nesta época do ano é necessário que algumas praias fiquem restritas ao surfe, em Florianópolis, para que ninguém espante a estrela da estação, a Tainha.

A temporada da Tainha começou, depois de meses de agonia dos pescadores, finalmente ela foi liberada. E para que dê tudo certo nessa safra, é preciso que os surfistas fiquem distantes de algumas praias por um tempo, para que os pescadores possam cercar o peixe.

Sete das 42 praias de Florianópolis estão liberadas para a prática do surfe, essa determinação está em uma lei que concilia o esporte com a pesca durante a Safra da Tainha.

Entre as praias liberadas estão a Praia Mole, Joaquina e Moçambique, no Leste da Ilha, totalmente liberadas, e no Sul, Matadeiro, Lagoinha, Armação e Morro das Pedras, respeitando uma distância mínima da costa.

Mas quem surfa em Florianópolis já está habituado com a situação, e os surfistas que moram na região acabam até conscientizando os turistas que vem para a Ilha surfar, para que respeitem a cultura da Safra da Tainha.

Mais conteúdo sobre

Mais vídeos