Sem Contorno Viário, nova faixa deve ser aberta na BR-101 na Grande Florianópolis

Balanço Geral Florianópolis

De segunda a sábado, às 11h50

Enquanto as obras do Contorno Viário da Grande Florianópolis não ficam prontas, uma terceira faixa deve ser acrescentada na BR-101 entre Palhoça e Biguaçu. A novidade deve melhorar a vida dos motoristas que passam pela rodovia diariamente.

São 50 quilômetros de rodovia passando por dentro de Biguaçu, São José e Palhoça. A obra, depois de pronta, vai tirar o tráfego pesado da BR-101. Porém, os trabalhos se arrastam desde 2012 quando estava prevista a conclusão da obra.

Hoje o Contorno Viário tem 34,4 quilômetros de obras iniciadas. O que corresponde a 70% do seu traçado total, e segue com trabalhos nos trechos liberados e com os processos de desapropriações já homologados pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres).

Em junho uma nova construtora assumiu os lotes de obras e a mobililização da equipe maquinário está em andamento, com previsão de que nos próximos meses sejam 900 trabalhadores e 300 equipamentos dedicados exclusivamente a implantação da rodovia.

Leia também:

Prefeito de Palhoça cobra agilidade

Em Abril, o MPF (Ministério Público Federal) abriu procedimento investigatório para apurar a causa do atraso nas obras do Contorno Viário da Grande Florianópolis. O prefeito de Palhoça, Camilo Martins, chegou a decretar situação de emergência na mobilidade.

“Fizemos o decreto e entramos na justiça com uma ação contra a ANTT e a concessionária. Queremos o término com prazo definitivo dessa obra com multa diária e início e finalização da terceira faixa”, cobra o prefeito.

A ação civil pública está suspensa no momento, pois há possibilidade de acordo judicial. A concessionário reafirma sua disposição em buscar soluções conjuntas que melhorem a mobilidade do município e de toda a região da Grande Florianópolis.

A Fiesc (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina) acredita que a judicialização não é a melhor alternativa. “Isso só acarretará em um atraso ainda maior da conclusão do contorno. O que precisamos é uma convivência harmônica entra as partes, achando as soluções para resolver esse impasse”, afirma o presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar.

Outras alternativas

Uma alternativa para ajudar na mobilidade de uma terceira faixa na BR-101, de Palhoça a Biguaçu. A concessionária fez um projeto orçado em R$ 48 milhões para executar esta obra emergencial.

A ANTT em uma primeira análise constatou superfaturamento em alguns pontos do projeto. Agora, os valores estão sendo revistos pela Autopista Litoral Sul.

Caso o projeto da terceira faixa saia do papel, a concessionária irá usar o dinheiro como a compensação que será feita com os valores cobrados no pedágio. Teria um aumento nas tarifas para investir nas obras da BR-101.

Assine o Abaixo Assinado do Contorno Viário Já

Assine o abaixo-assinado digital e ajude a transformar a mobilidade da Grande Florianópolis

Imagem Assine o Abaixo Assinado do Contorno Viário Já

Mais vídeos